15 passos para se tornar um milionário através do empreendedorismo

A D. Rosa era uma viúva muito pobre que vivia em Penafiel. A única coisa que sabia fazer muito bem era croquetes. Tinha dois filhos e precisava de arranjar uma forma de sobreviver. Fez 12 croquetes e deixou 2 como amostra em seis casas da vizinhança. Depois deixou amostras em todo o prédio, e mais tarde em toda a rua. Hoje, a D. Rosa vende 250.000 croquetes por semana e é milionária.

Esta é uma versão curta de uma longa história cuja moral é que, tal como a D. Rosa, muitas outras pessoas têm o potencial necessário para se tornarem milionárias. Enriquecer é algo que se pode conseguir de muitas maneiras. Para o fazer sem se abdicar dos nossos valores existem fundamentalmente três vias: trabalhando mais, correndo mais riscos e aprendendo coisas que nos dêem vantagem competitiva.n nO que o que separa os milionários das outras pessoas é portanto não só a capacidade de trabalhar mais, correr mais riscos e aprender mais, mas também a coragem de passar do pensamento à acção, avançando com um projecto, testando-o, adaptando-o e persistindo num caminho de perseverança que pode conduzir ao sucesso. Um caminho que se faz seguindo estes 15 pontos.

1- Definir objetivos de acordo com o que o faz feliz. O que quer ser, o que quer estar a fazer e com quem quer estar dentro de 5, 10 e 15 anos; se não tiver objetivos, não pode falhar. Muitas pessoas não estabelecem objetivos porque têm medo de falhar.

2- Olhar para as tendências que parecem estar a moldar o futuro. Como é que essas tendências estão a mudar os hábitos das pessoas? De que é que as pessoas estão à procura? Como é que esses hábitos podem ser importantes para o meu negócio?

3- Encontrar um produto/serviço que tenha a ver com o que gosto de fazer e com o que as pessoas estão à procura.

4- Encontrar a fórmula correta para o meu produto/serviço. Pensar em como essa forma pode adotar um aspecto/nome sexy. Acrescentar valor e emoções ao que estou a produzir.

5- Usar amostras. Dar o produto ou serviço a ‘provar’ a potenciais clientes. Recolher as reações e continuar sempre a aperfeiçoar a fórmula de acordo com o feedback recebido.

6- Perceber que o problema não é não ter dinheiro para investir. É uma questão de provar que a fórmula tem sucesso com pouco custo, na sua comunidade, usando o seu tempo e o que gosta de fazer e adicionando um pouco de emoção.

7- Pensar num formato de custos baixos. Se está a produzir pastéis de bacalhau e já não consegue confeccioná-los em casa, não precisa de uma fábrica. Lembre-se que há restaurantes que estão fechados entre as 16h e as 19 horas. Use um espaço que já está pronto a usar, com todo o material de que necessita.

8- Fazer pesquisa. Colocar muitas perguntas a muitas pessoas. Porque gostou, porque não gostou? Pergunte sobre o tamanho, o sabor, a fórmula, a experiência, tudo. Melhore o produto.

9- Aprenda a vender. A investidores, a clientes, aos seus sócios e parceiros. Aprenda estar em palco,a dominar uma reunião de um a um.

10- Não estar sozinho. Ser empreendedor é muito solitário. Será melhor estar com os seus amigos, com pessoas de que gosta e que o desafiam.

11- Ser um milionário não é ter milhões, é ter uma vida que não trocaria com ninguém.

12- Se a Dona Rosa consegue, porque não ei de eu conseguir? Marque os seus objetivos e lute por eles.

13- Falhar faz parte do processo e é bom, desde que sirva para aprender e diminuir a probabilidade de falhar novamente.

14- Nunca pare de aprender. Tente ser uma boa pessoa e adapte-se sempre às novas circunstâncias aprendendo o que for preciso para saber lidar com os novos desafios que aparecem num mundo sempre em mudança.

15- Nunca desistir. Foi por nunca desistir que Manuel Forjaz conseguiu a oportunidade que o conduziu ao sucesso com a sua própria empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

two + four =