7 dicas para ganhar dinheiro enquanto dorme

Faça o seu negócio render mesmo quando está dormindo
Foto: Pixabay

Há muitos anos atrás ouvi uma expressão que mudou a minha vida e que hoje uso com frequência: “Quem perde tempo a trabalhar, não tem tempo para ganhar dinheiro”. Parece algo estúpido e sem sentido vindo de alguém muito preguiçoso ou prepotente, mas quando finalmente percebi o seu significado tive a certeza que era das frases mais simples, sábias e inteligentes que já ouvira.

Por que razão tenho que apanhar trânsito todos os dias, acordar de madrugada e trabalhar para um patrão?

Por que razão? Está escrito nos dez mandamentos? É obrigatório por lei? Porquê? Para ganhar dinheiro? Será que sou assim tão burro que não conseguirei arranjar uma forma de ganhar dinheiro e em simultâneo ter tempo para viver a minha vida com qualidade?

Nunca me interessou fazer parte do rebanho e sempre soube que para ter sucesso tinha de pensar pela minha cabeça e não pela cabeça dos outros. O escritor Mark Twain já dizia: “Sempre que você se encontrar do lado da maioria, é hora de parar e refletir”.

Existem várias oportunidades na sua vida que passam por si e você nem nota porque está muito ocupado a trabalhar para alguém. A grande maioria das pessoas está formatada para trocar o seu tempo por dinheiro, desconhecendo e até vilipendiando outras formas, porém mais interessantes no meu ponto de vista, para aumentar os seus rendimentos e a sua qualidade de vida.

“Quem perde tempo a trabalhar, não tem tempo para ganhar dinheiro”

Não há fórmulas mágicas, não é para todas as pessoas e nem pense que vai enriquecer de um dia para o outro. Apenas lhe quero transmitir que, se se focar agora em criar múltiplas fontes de receita passiva em vez perder a sua vida a trabalhar, tem grandes hipóteses de aumentar os seus rendimentos e começar a viver a sua vida de novo.

Deixo-lhe aqui sete dicas para que possa criar os seus rendimentos passivos que trabalharam por si enquanto dorme ou faz o que mais gosta.

 

1ª Dica – Crie um site e-commerce

Um site pode ser um vendedor que trabalha para si 24 horas por dia, de fácil acesso aos seus clientes e sempre pronto a vender.

Hoje existem várias plataformas e-commerce que permitem a qualquer pessoa criar o seu negócio online sem ter de saber uma linha de código. Pode começar por iniciar uma loja online, no Shopify ou Wix de uma forma bastante simples e rápida.

Antes de se ocupar a construir seja o que for pense muito bem como o pode fazer e o que vai comercializar. Se for vender produtos físicos deverá estabelecer uma parceria com o seu fornecedor para que seja ele a tratar das encomendas e expedir os seus produtos ou pode também contratar alguém para o fazer caso se justifique. Se optar por comercializar produtos digitais como música, livros ou software por exemplo, tem a vantagem de não ter trabalho nenhum com as encomendas e pagamentos pois o próprio site fará toda a venda e gestão de encomendas por si.

 

2ª Dica – Invista em acções ou fundos de investimento

Se tem alguma liquidez disponível e parada na sua conta à ordem deve ter a noção que a cada dia que passa está a perder dinheiro. Dinheiro parado é dinheiro morto, Dinheiro bem aplicado paga-lhe o almoço e o jantar enquanto dorme. Consulte vários bancos e informe-se sobre quais os fundos de investimento que lhe oferecem melhores garantias e taxas de retorno ao aplicar o seu dinheiro.

Se for menos adverso ao risco, pode também considerar investir no mercado de acções e escolher um portfólio de activos que paguem dividendos e/ou tenham uma perspectiva de valorização a longo prazo.

 

3ª Dica – Crie um negócio de franchisados

Se você tem um negócio local de sucesso e gostaria de o expandir para aumentar os seus rendimentos, pense bem nas vantagens de optar pelo modelo de franchising ao invés de assumir todo o esforço e risco para o fazer crescer em outros locais.

Muitas vezes os negócios de sucesso não se expandem pelo facto dos seus proprietários não optarem por franchisar e ignorarem a vantagem de alavancar o seu negócio com a ajuda de outros empresários. Se não tiver muito conhecimento sobre franchising procure um especialista e peça-lhe a sua opinião e ajuda para franchisar o seu negócio. Se tem dúvidas sobre este modelo, veja as várias empresas de sucesso que o fizeram antes de si, como por exemplo o McDonalds ou a Remax.

 

4ª Dica – Rentabilize os seus direitos de autor

Se é um excelente compositor ou escritor por exemplo, coloque o seu talento disponível para ser rentabilizado e apreciado pelas pessoas.

Pode ter a sorte de a sua música ser comprada por milhões de pessoas no iTunes e/ou receber direitos de autor por esta passar nas rádios de todo o mundo. Pode também criar e disponibilizar o seu livro, e-book ou áudio-book na Amazon e ganhar dinheiro com isso.

 

5ª Dica – Ganhe com Publicidade

Sabia que existem várias entidades que estão dispostas a pagar para anunciar no seu blog, site, redes sociais ou Youtube?

Pode começar por criar conteúdos fantásticos sobre uma área específica e verificar qual a sua receptividade junto das pessoas. Segundo a lei de Metcalfe, o valor da sua rede é proporcional ao número de utilizadores que a utilizam. Ou seja, quantos mais visitantes, seguidores ou subscritores você tiver mais dinheiro receberá em contratos de publicidade.

A publicidade que vê nos sites ou blogs é muitas vezes paga pelo Google Adsense e por outras empresas aos seus autores que recebem dinheiro pelo número de visualizações ou cliques nessas publicidades.

 

6ª Dica – Alugar

Ser proprietário de alguma coisa só se torna num investimento lucrativo se for rentabilizado, antes disso trata-se apenas um centro de custos. Se é proprietário de uma casa, loja, automóvel, veja qual a forma de as poder rentabilizar através do seu aluguer a outras pessoas.

Por exemplo, se tem uma casa com um quarto que nunca utiliza perto de um centro turístico ou de uma universidade, pondere ganhar dinheiro ao alugar essa divisão no AirBnB ou na Uniplaces. Se tem alguma liquidez disponível pode também equacionar investir na compra de um imóvel para alugar e dai obter um rendimento fixo todos os meses.

 

7ª Dica – Estabeleça unidades de negócio que lhe trazem retorno

Ser proprietário ou sócio de uma empresa não significa que tenha de lá trabalhar. Pode lançar um negócio, formar os seus colaboradores e/ou parceiros, estabelecer regras/metas/objectivos e receber os dividendos da operação desse negócio.

Se correr bem pode sempre ter múltiplos negócios a funcionar e a gerarem dinheiro para si enquanto dorme. Se correr mal feche e abra outro até resultar!

 “Eu tenho medo em todos os momentos da minha vida e isso nunca me impediu de fazer nada que eu quisesse fazer”

Seja criativo e prático na abordagem à criação de novas fontes de rendimento e avance agora! Se sente medo e desconforto não se preocupe, é normal, está a sair da sua zona de conforto.

A pintora e mãe do modernismo Americano, Georgia O’Keeffe dizia o seguinte, “Eu tenho medo em todos os momentos da minha vida e isso nunca me impediu de fazer nada que eu quisesse fazer”.

Quanto mais tempo demorar a pensar mais o seu cérebro o irá puxar para a sua zona de conforto e não o deixará avançar! É a natureza! Conforme vai avançando, vai-se sentindo mais confortável e mais competente para estabelecer novas fontes de rendimento. A única garantia que tem é que se não fizer nada e se mantiver na sua zona de conforto ficará na mesma.

Trabalho de casa:

  • Pense quais rendimentos passivos que pode criar a curto prazo?
  • Que tarefas tem de fazer para começar agora?
  • Que resultado ou retorno espera obter?
  • Que impacto é que isso vai ter na sua qualidade de vida?
  • Quais os rendimentos passivos que pretende criar no futuro?

 

 

 

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorA verdade de ser patrão de si próprio
Próximo artigoWomenWinWin lança Ciclo de conferências WE TALK
Nuno Silva
Formou-se em Sistemas e Tecnologias de Informação é um empreendedor em série e especialista em negócios online. Criou a sua primeira empresa aos 18 anos, colaborou com empresas de topo no sector das tecnologias e fundou um dos primeiros e-marketplaces de serviços locais em Portugal, o PedirOrcamentos.Com. É fundador e co-fundador de diversos negócios com forte presença na internet. É um motivador empresarial, orador em eventos de empreendedorismo, mentor de startups e autor de diversas publicações ligadas ao Empreendedorismo, Desenvolvimento de Competências e Marketing Digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

eleven − 5 =