7 Dicas para fazer acontecer

Atualmente, na nossa sociedade existe uma ansiedade generalizada que faz com as pessoas queiram tudo ‘para ontem’ e, se não obtêm resultados imediatos, a grande maioria acaba por desistir nunca chegando aos objetivos a que se propuseram. Percebo que esta é uma triagem natural que filtra as pessoas de sucesso das restantes. Mas de que lado da barricada você pretende estar?

‘Fazer acontecer’ não é fácil, mas também não é assim tão difícil. Seja um concretizador nato e inspire-se nas 7 dicas seguintes que com certeza o ajudarão a chegar aos resultados que sempre ambicionou.

1ª Dica – Defina objetivos a curto, médio e longo prazo (Milestones)

Para saber como vai lá chegar tem de primeiro saber por onde começar. Defina um conjunto de objetivos a curto, médio e longo prazo e escreva-os num local onde os possa ver com facilidade. Depois defina um conjunto detalhado de ações que tem de tomar para atingir cada um desses objetivos. Por exemplo, se pretende criar uma aplicação de sucesso, que resolva um determinado problema na sociedade e o torne rico, defina a curto prazo como pode aprender a dominar a tecnologia que o vai ajudar a lá chegar. Ao definir objetivos concretos está a programar a sua mente para os atingir, está no fundo a indicar-lhe o caminho para onde quer ir. Sem objetivos não terá direção e andará à deriva sem saber para onde está ou para onde vai.

2ª Dica – Defina prazos limite (Deadlines)

De certeza que conhece alguém que está sempre a dizer que vai fazer isto ou aquilo mas acaba sempre por não fazer nada em concreto. O problema dessas pessoas – que designo como believers – é que definem objetivos incríveis mas não têm planos nem se comprometem com prazos para os cumprir. Qualquer pessoa é livre de sonhar e dizer que vai fazer X, conseguir Y ou ser Z mas a única forma de o comprovarmos é se ela nos der um prazo ou data para o atingir, até lá é apenas conversa fiada.

Se alguém lhe disser que sabe como criar a máquina de teletransporte pergunte-lhe imediatamente quando é que ela estará pronta?! Sonhar é importante mas concretizar é ainda mais. Quando alguém disser que um dia vai ser milionário ou que tem de perder peso, por exemplo, sabe o que tem de lhe perguntar: ‘Quando?’ Desta forma estará a ajudar essa pessoa a se comprometer imediatamente com esses objetivos e a definir prazos, se quer mesmo que isso lhe aconteça. Mesmo que não consiga chegar lá no prazo definido, ao tentar com certeza que estará um passo mais perto do objetivo.

Em primeiro lugar deverá planear como irá atingir os objetivos definidos na 1ª dica (que ações tomar) e de seguida definir realisticamente prazos concretos a que se propõe atingir cada objetivo. De outra forma não existirá ‘magia’, pois não terá a pressão necessária para a realizar, nem assumirá a responsabilidade de um compromisso ao qual não se comprometeu com um horizonte temporal, ficando exatamente no mesmo sítio onde estava.

3ª Dica – Esteja focado no que realmente interessa

Segundo a Lei de Pareto – ou Princípio 80/20, como lhe preferir chamar – 80% das consequências advêm de 20% das causas. Significa que você tem de estar focado no que interessa pelo menos 20% do seu tempo de trabalho efetivo para fazer que 80% das coisas que deseja seja uma realidade. Não deve ser assim tão difícil, certo?

Errado!

Do tempo total disponível de um dia de trabalho, você passa um terço dele a dormir, outro tanto a almoçar, a jantar, a tomar banho, a ir à casa de banho, ao telefone, a ler emails, em deslocações, etc., etc., etc. O tempo efetivo para você se focar realmente na concretização dos seus objetivos é muito escasso, por isso aproveite-o da melhor forma. É necessário arranjar mecanismos que lhe permitam aproveitar até ao último momento o escasso tempo que dispõe para se focar no que é realmente importante. Sugiro que olhe regularmente para a sua lista de milestones e veja se o plano e prazos que traçou estão a ser cumpridos, caso contrário, pare tudo o que está a fazer, pense e tome um conjunto de ações concretas de forma a concretizar o plano com que se comprometeu. Se falhar, pense quais foram as tarefas consumidoras do seu tempo que podiam ser evitadas e elimine algumas, menos dormir e comer porque essas são mesmo necessárias para a sua sobrevivência.

4ª Dica – Aconteça o que acontecer seja resiliente e não pare

O caminho faz-se caminhando, não olhe para cima enquanto está a subir a montanha, olhe em frente e não pare de andar até chegar ao topo. Durante a sua viagem vai encontrar caminhos piores do que outros, sendo por isso fundamental que tenha uma resiliência e determinação todo-o-terreno. Por exemplo, aprender ou melhorar uma determinada arte, tecnologia ou profissão provavelmente não vai ser fácil, e terá muitas vezes vontade de desistir, mas se resistir, no fim terá subido mais um degrau na direção do seu objetivo. Imagine se o Cristiano Ronaldo tivesse desistido quando em miúdo teve de deixar a sua família na Ilha da Madeira para ir sozinho para Lisboa jogar para as camadas jovens do Sporting. Ele não teve medo, foi em frente e acabou recompensado por isso.

5ª Dica – Não precisa de fazer tudo sozinho

Quando temos uma ideia brilhante pensamos que conseguimos fazer tudo sozinhos, até que chega ao dia em que percebemos que juntos somos mais fortes. É possível fazê-lo sozinho, mas para além de ser mais difícil, demora muito mais tempo e pode ser tarde de mais. Junte-se com colegas, parceiros, sócios, amigos, especialistas que o ajudem a concretizar aos seus objetivos.

6ª Dica – Desenvolva uma boa rede de networking

Quem tem um bom networking tem tudo. Crie e sirva-se do seu networking para conseguir atingir os seus objetivos mais rápido e com maior taxa de sucesso. Os amigos gostam de ajudar os seus amigos. Para saber como pode aumentar o seu networking leia o artigo Porque nunca deve almoçar sozinho.

7ª Dica – Estimule a sua fome pelo sucesso, siga e aprenda com as suas inspirações

Para fazer acontecer tem de estar constantemente motivado para que a sua mente não sinta que está a trabalhar, mas sim a ajudá-lo a alcançar algo incrível. Desta forma fará tudo o que for preciso, sem preguiça ou esforço mental, porque se está a divertir na conquista do jogo do sucesso. Se não sabe bem por onde começar, que objetivos ou prazos definir, sugiro que estude o percurso de pessoas que admira. Todos nós temos alguém que admiramos seja pela sua forma de estar, pelo que conseguiu atingir na vida ou por muitas outras razões. As pessoas que admiramos são a nossa musa inspiradora que nos diz que é possível e que nos incentiva a fazer mais na busca pelos nossos objetivos. Estude como é que essas pessoas chegaram ao topo, procure analisar como foi o seu percurso, que erros cometeram, que lições apreenderam e se for caso disso tente comunicar diretamente com algumas delas. Desta forma terá uma linha orientadora que lhe permitirá saber por onde deverá começar de forma a atingir determinados resultados.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAmorim Cork Ventures aposta em Barcelona
Próximo artigoCarmen Mellado: “nunca desista”
Nuno Silva
Formou-se em Sistemas e Tecnologias de Informação é um empreendedor em série e especialista em negócios online. Criou a sua primeira empresa aos 18 anos, colaborou com empresas de topo no sector das tecnologias e fundou um dos primeiros e-marketplaces de serviços locais em Portugal, o PedirOrcamentos.Com. É fundador e co-fundador de diversos negócios com forte presença na internet. É um motivador empresarial, orador em eventos de empreendedorismo, mentor de startups e autor de diversas publicações ligadas ao Empreendedorismo, Desenvolvimento de Competências e Marketing Digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

four × 4 =