Contratei alguém de marketing. Porque não vendo?

O marketing não faz milagres, sobretudo se os problemas forem transversais à empresa
Foto: Pixabay

Normalmente, há dois motivos para alguém de marketing ser contratado numa empresa: ou porque a empresa está a crescer e já existe um departamento robusto, ou porque está estagnada e precisam de soluções rápidas. Assim, geralmente os motivos para a contratação de profissionais da área, havendo sempre algum entusiasmo exacerbado por quem gere, trazem frustrações devido ao mau planeamento e à falta de condições concedidas a quem fica responsável por esse cargo.

É preciso desmistificar, ainda mais no mundo das PMEs, que o marketing, por si só, não pode vender, não pode melhorar resultados do dia para a noite e não pode fazer um golpe de magia e solucionar problemas que, muitas vezes, são transversais a vários departamentos e à cultura empresarial há muito inveterada.

Quem recruta tem a obrigação de saber quais as reais necessidades para o marketing da empresa. Até então, teve de existir alguma estratégia (que muitas vezes é laissez-faire) ou alguém responsável por essa área, nem que seja publicar uns meros posts no Facebook. Assim, e havendo ainda um défice na aposta em marketing no mundo das PMEs, é preciso saber o que se quer melhorar e atingir para se conseguir encontrar o caminho menos sinuoso e mais célere, indo ao encontro das expectativas de todas as partes.

A empresa tem de pensar que para além da contratação de um, ou vários profissionais tem, obrigatoriamente, de fazer também um investimento num departamento real, independente e que consiga estar em sinergia constante com os demais departamentos já existentes. É preciso haver um planeamento individual, mas também um planeamento transversal entre áreas. Faz mais sentido haver elementos em comum entre o marketing, as vendas (porque marketing não são vendas), o design, a administração, a produção e tantos outros para que se saiba o que é preciso e quando é preciso, evitando dificuldades ou imprevistos que podem causar transtornos desnecessários.

Porquê contratar?

Se a empresa estiver numa fase negativa ou sem ideias, o reforço na área de marketing pode ser uma ajuda, mas nunca a única solução. Há que pensar como um todo e verificar quando se falhou e o que falhou, melhorando serviços, produtos ou fazendo alterações na forma de trabalhar e nas pessoas que trabalham.

Há inúmeros cenários que podem servir de combustível para que, inesperadamente, apareçam problemas numa empresa. Normalmente, ninguém contrata quando tudo está bem. No entanto, essa altura talvez seja a mais adequada para balançar positivamente, ainda mais, o curso do negócio, retirando pressão e dando mais ferramentas aos profissionais.

Contratar por contratar, ou simplesmente porque faz sentido e parece bem, é um tiro no pé. Não se pode esperar que algo mude instantaneamente só porque vamos ter alguém de marketing. Não se pode esperar fazer uma receita sem todos os ingredientes. Isso tornará mais difícil resolver os problemas atuais, desmotivar o novo colaborador devido à exigência e poder-se-á transformar num ciclo vicioso difícil de gerir.

Tudo é marketing

Não existe marketing digital e marketing clássico. Ao criar um departamento, tem imperiosamente de existir um aglomerar de disciplinas dentro da área a fim de se dedicar mais tempo naquelas que estão paradas ou não existem, assim como verificar todas as que estão maduras e não precisam de tanto tempo dispensado.

Nem tudo pode ser marketing. O profissional, ou eventual equipa, tem de se desdobrar na comunicação e relações públicas, retendo atuais clientes e estruturar a imagem corporativa perante os agentes externos, sendo uma ponte essencial para uma imagem pacífica com o público, proliferando outros campos menos desenvolvidos.

A administração e quem gere tem de perceber que o investimento leva tempo a ser recuperado e que o planeamento pode nem sempre ser cumprido à risca, devido a fatores exteriores, ou que terá de ser alterado no imediato, não sendo algo definido e fechado de início ao fim. Sem planeamento, bom senso e motivação, jamais se conseguirá conquistar o que quer que seja e criar as bases para um futuro brilhante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

3 × four =