Filomena Djassi: “Empreender é criar”

O exchange teve o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e resultou de uma parceria entre a Plataforma para a Educação do Empreendedorismo em Portugal (PEEP) e a Bagabaga Studios e o resultado desse projeto é agora exposto online num conjunto de testemunhos de mulheres que conseguiram ‘dar a volta’ tornando-se empresárias.

Parte desse trabalho fica revelado nos testemunhos de nove projetos realizados por mulheres empreendedoras, como, por exemplo Filomena Djassi bissau-guineense, 30 anos, imigrante em Portugal desde 1987, assistente social.

Para Filomena ser empreendedor é criar algo, que não tem necessariamente de ser um negócio gerador de rendimento. Considera-se empreendedora porque não consegue ficar parada, gosta de estar sempre a estudar, o seu vício é saber mais.

Ao trabalho na Fundação AgaKhan, soma um doutoramento e lidera vários projetos de ação social. Trabalha sobretudo com comunidades imigrantes a quem quer dar voz, fazendo-as apoderar-se dos contextos onde vivem e orgulhar-se das suas raízes. Dar palco aos outros e deixá-los tomar as rédeas do que criou é o seu grande desafio enquanto líder.

A PEEP – Plataforma para a Educação do Empreendedorismo em Portugal é uma Organização Não-Governamental para o Desenvolvimento (ONGD), que tem como missão promover o desenvolvimento e a implementação de programas de apoio à educação e formação para o empreendedorismo, através de projetos de investigação e capacitação, e do acompanhamento do processo de desenvolvimento de políticas públicas. Os vídeos foram realizados pela produtora Bagabaga Studios.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGrupo Impresa cria aceleradora de media
Próximo artigoOeiras aposta no empreendedorismo social
O Empreendedor é um projecto de empreendedorismo colaborativo que pretende desenvolver e testar novas formas de cooperação entre indivíduos e organizações ligadas ao empreendedorismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

eleven − four =