Gestão de empresas: o que fazer para fechar o ano bem

Dicas de gestão de empresas para fechar o ano com sucesso.
Foto: Pixabay

2018 está quase no fim. É hora fazer as contas e injetar mais energia para fechar o período no azul. Com o final do ano as despesas extras como pagamento de 13º e férias surgem nos caixas das empresas. Para aproveitar as vendas do natal e garantir fôlego para começar 2019, selecionamos 5 dicas, mais um bônus, para encerrar o ano com bons lucros. Confira:

1 – Faça um balanço do ano que se encerra

O final do ano é a época ideal para contabilizar seus gastos e lucros do período. Esta é a chance de compreender como sua empresa se comporta, onde ela mais lucra e onde mais gasta dinheiro. Avalie cada entrada e saída do ano com a ajuda de um bom sistema de automação comercial de gestão de empresas. Com um ERP fica mais fácil ler e interpretar os relatórios anuais evitando dores de cabeça no ano que vem.

2 – Crie um plano de contenção de gastos

Aproveite o período de fim de ano para rever seus gastos. Selecione cada setor de seu negócio onde há mais perda de capital e corte o que não for extremamente necessário. Considere contas que parecem supérfluas, mas que, ao longo de 12 meses, representam um montante considerável de custos, tais como:

  • Gastos com telefonia e internet – considere adquirir planos mais vantajosos e reduzir ligações. Use mais comunicação via e-mail e aplicativos de mensagens.
  • Gastos com limpeza e material de escritório – eis uma área pouco avaliada e que pode drenar muito dinheiro. Faça compras no atacado para todo um período, conseguindo descontos maiores.
  • Gastos com gerência de relatórios e burocracia – aqui um bom sistema de automação comercial fará toda a diferença. Centralize os controles de estoque, fluxo de caixa, contas a pagar, fornecedores e clientes num único sistema ERP e fuja do desperdício de tempo. Como todos sabem, tempo é dinheiro!

O final do ano é a época ideal para compreender como sua empresa se comporta, onde ela mais lucra e onde mais gasta dinheiro.

3 – Aprenda a negociar

Na hora de comprar seus produtos ou de fechar parcerias com prestadores de serviços, é primordial uma negociação vantajosa para sua empresa. Essa é a hora de “chorar por descontos”. Não tenha vergonha de declinar de uma oferta ou de pesquisar muito antes de fechar uma compra. Aproveite o final do ano para rever todas as suas parcerias com fornecedores e encontrar um caminho para margens de lucro mais competitivas. Liste seus fornecedores e classifique-os da seguinte forma:

  • Fornecedores flexíveis – os que possuem maior margem de desconto, melhor condição de pagamento e boa condição de entrega. Estabeleça com eles uma forte relação de parceria.
  • Fornecedores menos flexíveis – são aqueles que possuem condições menos atraentes, prazos mais rígidos e frete mais caro. Converse pessoalmente com cada um deles e estabeleça uma nova forma de compras. Caso não obtenha sucesso considere fechar parceria com outros fornecedores.
  • Fornecedores em potencial – são os possíveis parceiros de sua empresa. Esteja atento ao mercado, converse com outros empresários do ramo e conheça outras opções. Liste todos os nomes com os quais você gostaria de fechar negócio, faça uma apresentação de sua empresa e inicie novas parcerias.

Um bom sistema de automação comercial para a gestão de empresas poderá ajudar a cadastrar e acompanhar de perto todos os seus fornecedores.

4 – Faça seu estoque girar

O natal é a data mais esperada para vendas em todo o ano. Aproveite para fazer um controle de estoque detalhado, com tudo o que não foi vendido durante o ano e com a previsão de novas aquisições. Separe seu estoque em três sessões:

  • Produtos com baixo giro de vendas – são os primeiros a serem postos em promoção. Faça descontos para clientes fidelizados, crie campanhas de marketing online, aumente a exposição desses produtos em sua loja. Faça de tudo para não começar o novo ano com este estoque inteiro.
  • Produtos com médio giro de vendas – são os produtos de deverão ser promovidos com redobrada atenção. Crie ações de upselling, agregando uma venda a outra, estimulando seus clientes a adquirirem mais de um produto em suas compras.
  • Produtos com alto giro de vendas – serão os produtos nos quais você deverá investir mais capital. Consiga maiores descontos e promova suas vendas de maneira atrativa, visando conquistar novos clientes.

Se você é prestador de serviços a regra é a mesma. Classifique seus serviços por ordem de saída, promova o que sai menos e invista no que possui mais aceitação dos seus clientes. Considere utilizar um bom sistema ERP de automação comercial para acompanhar detalhadamente seu estoque.

Foto: Pixabay

5 – Planeje-se para o próximo ano

Cada ano que se inicia representa um novo ciclo para sua empresa. Pense: no dia 2 de janeiro seu negócio precisará ter um plano concreto para encarar mais um desafio. Aproveite o maior giro de capital com as vendas de natal e quite eventuais dívidas. Se sobrar, invista num fundo para possíveis emergências. Crie, para o ano seguinte, um plano detalhado de vendas, prevendo os meses de maior e menor movimento. Um bom plano para começar o ano deve conter os seguintes tópicos:

  • Ações para os meses de menor movimento – preveja as datas de pouco fluxo e invista em promoções. Mantenha as contas sob controle e tenha o estoque enxuto.
  • Ações para meses de maior movimento – esta é a hora de investir em grandes vendas, fechar novas parcerias e reter os lucros para novos investimentos.
  • Ações de inovação – separe parte do ano para projetos de mudança de sua empresa. Ofereça novos produtos e serviços, realize pesquisas com seus clientes. Talvez seja o momento de uma reforma, de abrir novas filiais ou de mudar o rumo de sua empresa.

Dica bônus:

Aprenda com o ano que se encerra

Ao avaliar o ano de 2018 considere tudo o que deu certo e o que não funcionou como deveria. Transforme isso numa lição e inicie o próximo ano de maneira positiva e objetiva. Se 2018 foi um ano bom para sua empresa, liste as ações que melhor renderam lucros e aplique-as no ano seguinte. Se 2018 não foi um ano tão bom assim, aprenda com os erros e não repita essas ações no ano que vem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

5 × 5 =