Lisbon Challenge Arranca Edição de Outono

Programa de aceleração arrancou edição de outono
Foto: Website Lisbon Challenge

Já são conhecidas as startups selecionadas para a edição de Outono de 2018 do Lisbon Challenge, um programa internacional de aceleração de 3 meses para startups ambiciosas de base tecnológica.

As 12 equipas escolhidas para o maior Programa de Aceleração com Investimento em Portugal são a AI Poli (Londres, Reuni Unido), AllBlock (Leipzig, Alemanha), Attila AI (Paris, França), ChronosLex (Porto, Portugal), Crowdbooks (Livorno, Itália), Curious Technology (Berlim, Alemanha), Emjogo (Faro, Portugal), Musiverse (Lisboa, Portugal), NiD Human (São Paulo, Brasil), Oko (Porto, Portugal), peeq (Lisboa, Portugal) e To Me Love Me (Melbourne, Austrália).

A Curious Technology tem uma solução digital que identifica a marca de um carro pelo ruído do seu motor ou a espécie de um pássaro pelo seu canto.

Este programa de aceleração tem uma duração de 10 semanas (de 10 de Outubro a 14 de Dezembro), e está dividido em 4 fases: Validação, Produto, Crescimento e Investimento. O programa culmina com um Investment Day, onde as várias equipas apresentam as suas soluções, e partilham um pouco do processo pelo qual passaram até à versão final.

Para Eduardo Sette Camara, Director do Lisbon Challenge, “esta 10ª edição confirma o estatuto global do programa, com startups dos quatro cantos do mundo, do Japão ao Brasil, da Tunísia à Australia. Temos a edição mais internacional de sempre, e das cerca de 250 candidaturas recebidas, escolhemos estas 12 startups, 5 portuguesas e 7 estrangeiras. A diversidade vai muito para lá das nacionalidades, e está presente também nos sectores, que vão da música, media e moda à industria e finanças. As tecnologias exponenciais estão também bem representadas, desde Blockchain e chatbots à Inteligência Artificial e Big Data”.

As startups selecionadas são avaliadas em 1 milhão de euros e recebem logo à partida 70.000€, em troca de 7% do seu capital, para poderem estar completamente focadas no desenvolvimento do produto e do seu negócio, sem preocupações financeiras imediatas.

A edição de 2018, do Lisbon Challenge recupera a versão original, com duas edições anuais, a da Primavera (Spring Edition) e edição de Outono (Fall Edition), sendo o programa-bandeira da Beta-i.

O Lisbon Challenge arrancou em 2013 e, ao longo das suas nove edições, contou já com a participação de 220 startups, de mais de 50 países. As equipas que passaram por este programa somam algo como 65 milhões de euros de investimento total (das nossas startups ‘Alumni’, 40% receberam investimento, sendo que 4 delas entraram no YCombinator, 4 no TechStars e 2 no Seedcamp).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

1 + 2 =