Montepio promove startups de impacto social

O Montepio Social Tech é um programa transversal de incubação, formação e aceleração de projetos que apresentem soluções inovadoras, de base tecnológica, para a área social. Tem a duração de 12 semanas e termina num demo day onde será atribuído um prémio de 10 mil euros ao projeto que apresente o melhor pitch.

O objetivo é ‘juntar o mundo da tecnologia às instituições sociais’ – explica João Lopes Raimundo, administrador da Caixa Económica Montepio Geral – ‘contribuindo para uma economia mais humana, mais inclusiva e mais social’. ‘Ainda há muito por fazer no setor social’, sublinha o responsável pela área de Economia Social do banco, e a inovação tecnológica pode potenciar o trabalho das instituições para que ‘sejam mais eficientes e possam chegar a mais pessoas, ou ter acesso a mais meios’.

Ao Montepio Social Tech podem candidatar-se projetos em qualquer fase de desenvolvimento, no final serão selecionados 12 que integrarão o processo de aceleração. Para a escolha dos finalistas será valorizado o perfil académico ou profissional da equipa, a inovação do projeto e a sua sustentabilidade. ‘Os projetos precisam de ter componente social, mas também potencial de geração de receita que assegure a sua sustentabilidade’, frisou Fernando Amaro, responsável da direção comercial de Economia Social do Montepio. ‘O nosso objetivo é que todos os projetos tenham capacidade de entrar no mercado’, destacou.

O compromisso da equipa também é fator determinante para o processo de seleção. ‘Oitenta por cento do sucesso dos projetos de empreendedorismo dependem do compromisso e dedicação da equipa. É preciso que as pessoas tenham disponibilidade’, sublinha Fernando Amaro. A idade não é barreira ao acesso dos candidatos, diz o responsável que ‘se forem equipas que promovam a intergeracionalidade, melhor’.

Entre as 12 equipas, poderão ainda ser incluídos os participantes do hackathon Hack for Good, promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian, ou os do programa Santa Casa Challenge, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, duas instituições parceiras do Montepio Social Tech que conta ainda com o apoio do Laboratório de Investimento Social, Impact Hub Lisbon, Microsoft, Deloitte, Universidade Católica e Universidade do Porto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

3 × 2 =