Montepio Social Tech na reta final

Logótipo do concurso
Foto: Montepio Social Tech

Está prestes a terminar a primeira edição do Montepio Social Tech. O Demo Day onde os 10 finalistas vão disputar o prémio de 10 mil euros é já nos dias 27 e 28 de novembro na Fundação Calouste Gulbenkian.

Depois de 12 semanas de trabalho duro, as 10 startups que utilizam a tecnologia para o bem social estão prestes a apresentar o seu pitch para atrair investimentos e marcar a diferença enquanto projetos empreendedores de base social.

Os 10 projetos concorrem a um prémio de 10.000 euros, atribuídos pela Caixa Económica Montepio Geral. Um segundo prémio será atribuído pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa no valor de 3.500 euros.

 

Os finalistas

SIM Vitae – Plataforma online de apoio aos cuidados continuados, através da educação de cuidadores informais sobre métodos e formas de acompanhamento e apoio.

COUCH – Plataforma de apoio psicológico que liga pessoas com depressão, ansiedade e outros problemas psicológicos aos psicólogos e outros profissionais através de consultas de vídeo.

ECO Refurb – Projeto de recondicionamento e diminuição do desperdício gerado pelos materiais eletrónicos, que coloca os produtos de novo no mercado.

Cura – Aplicação móvel que quer facilitar o acesso de migrantes à saúde, através da assistência por médicos voluntários credenciados.

Polis – Aplicação móvel que pretende aproximar os políticos dos cidadãos, com um foco nos millenials, que facilita a consulta e leitura de propostas e programas eleitorais para um voto mais consciente.

Food Central Market – Plataforma que pretende promover os produtos regionais na área de “Food / kitchen / table”, provenientes de Artesões, Associações e Cooperativas.

SPOT – Jogo educativo que promove a diminuição do insucesso e abandono escolar através da combinação de offline-online numa nova plataforma digital.

aidHound – Software que promove a eficiência das operações das organizações sociais, desenhando e organizando as rotas de intervenção das equipas, partilhando-as com “organizações amigas”.

Estúdio de Impacto – Desenvolvimento de soluções de comunicação, a preços sustentáveis, para as organizações da área social, permitindo a divulgação dos seus conteúdos e do seu trabalho.

SurFarm – Projeto de aproveitamento e dinamização de zonas urbanas usando sistemas de cultivo agrícola sustentável (hidroponia).

No Demo Day os concorrentes apresentam as suas soluções aos investidores, depois de terem, ao longo de 12 semanas aperfeiçoado o projeto e trabalhado o plano de negócio da empresa.
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

two + seven =