O Caminho Empreendedor

Teve uma ideia fantástica e vai lançar-se no novo mundo das startups? Conhece todos os gurus e leu sete vezes os ‘7 passos para o sucesso’? Não se iluda, criar uma startup tecnológica requer seguir os mesmos passos que são necessários para um salão de cabeleireiro ou quiosque de cachorros-quentes. Perseverança empresarial é um deles, mas há outros que são comuns a qualquer projeto empreendedor.

Geralmente quando falamos de startups pensamos sempre em empresas do setor tecnológico, com uma linguagem e código de valores muito próprio e quase sempre num patamar diferente dos outros projetos empreendedores. É verdade que uma startup não é simplesmente uma ‘empresa jovem’.

O que realmente distingue uma startup de qualquer outro negócio em principio de atividade é a sua escalabilidade.

A capacidade de crescer em receitas sem que isso afete os custos de operação diferencia uma startup de qualquer outro negócio tradicional, mas a escalabilidade não é um exclusivo das empresas tecnológicas. Naturalmente que uma App pode ser facilmente replicada e distribuída em todo o mundo, mas uma solução farmacêutica para um problema global, por exemplo, também tem um efeito de escala que dilui facilmente os custos de produção.

Seja qual for o foco do seu negócio há sempre certos aspetos que devem ser respeitados. Eis alguma dicas a considerar quando inicia o seu percurso empreendedor.

Defina a sua ideia

Tenha uma ideia clara sobre o produto que pretende oferecer. Há sempre um produto, mesmo que seja um serviço. Tanto pode ser um telemóvel, como um jogo virtual, um serviço de consultoria ou o trabalho dos seus empregados em outsourcing. Qualquer atividade pode ser resumida num produto, numa proposição.

Defina a sua proposta de valor, identificando que necessidade resolve e como se diferencia do que já existe no mercado. Avalie claramente o que é que o seu produto oferece, como se diferencia da concorrência e por que deverá existir. Saiba porque razões os utilizadores, clientes ou o público para quem o seu produto está direcionado, o vai escolher, rejeitando o que já existe, ou mesmo o que já comprou.

Pesquise o mercado

Depois de identificar claramente o que tem para oferecer veja o que existe no mercado. Tenha em conta, que por muito inovadora que seja a sua ideia há sempre concorrentes. Estes não são apenas aqueles que fazem o mesmo, são também os que se dirigem ao mesmo público que pretende atingir. Que têm em comum um telemóvel topo de gama e um relógio de pulso do mesmo preço? Aparentemente nada, além do preço, mas na verdade podem estar orientados para o mesmo cliente, e nesse aspeto, concorrem mutuamente na decisão de compra.

Depois de analisar a competição, valide a sua ideia. Este é o choque com a realidade. Os seus potenciais clientes querem mesmo o seu produto? Talvez seja a altura de baixar as expectativas ou reformular o projeto. Muitas vezes, basta um breve estudo de mercado para perceber que a ideia já foi suficientemente explorada, ou que a necessidade que pretende cobrir não é uma preocupação para os seus possíveis clientes. Se o projeto morrer aqui, não terá perdido muito dinheiro.

Escalar o negócio

O seu negócio avançou, parabéns! Agora não perca de vista de que forma pode rentabilizar o seu produto e como pode abrir novos mercados, sem fazer grandes alterações no projeto inicial. Por exemplo, o marketing e a publicidade podem ser ferramentas para o impulsionar ou simplesmente inovar na comunicação.

Lembre-se que, quanto maior for o investimento na conceção do produto mais longa terá de ser a sua rentabilização para não perder dinheiro com o negócio. Se pelo contrário, o conceito do seu negócio passa pela inovação, convém que quando lançar um produto esteja já a pensar na nova geração.

Rodeie-se de talento

Ninguém duvida que uma boa equipa é uma parte essencial do sucesso . Para começar um projeto rodeie-se de pessoas em quem confia, mas não descure de procurar os melhores para cada função. A composição da equipa é decisiva para o sucesso. Nem imagina as boas ideias que correram mal por causa dos egos dos fundadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

five + fifteen =