O que é o Franchising Social?

Apesar de utilizar as mesmas técnicas e ferramentas do franchising tradicional, não cobra os tradicionais royalties, ainda que o empreendedor possa ter de ajudar a suportar o custo do investimento.

Em ambos os casos a empresa original torna-se o franchisador e procura replicar o sucesso do seu modelo de negócio, licenciando-o a terceiros e disponibilizando as ferramentas e metodologias essenciais à atividade. Por seu lado o franchisado adere ao projeto e aceita as normas padronizadas para a marca, além de comparticipar nas despesas comuns. O segredo está em saber o que imitar e constituir a equipa certa para executar o projeto.

Existe uma linha ténue que divide os conceitos de empreendedorismo social, voluntariado ou caridade, e por vezes estes conceitos cruzam-se, porque todos partilham a vontade de solucionar ou minimizar um problema social pela criação valor social. Porém, do ponto de vista global, o empreendedorismo social está orientado para atividades inovadoras com um objetivo social e, embora não tenha uma vertente lucrativa, procura assegurar a sustentabilidade e autonomia do projeto.

Em Portugal não há um apoio específico ao desenvolvimento de negócios de franchising social mas a nova aceleradora Impact HUB Lisbon, especializada em em empreendedorismo social, pode informar sobre franquias neste setor. Com efeito, o Impact HUB tem uma dimensão internacional acelerando projetos de empreendedorismo social em vários países do mundo. Ainda a Cáritas que foi pioneira no desenvolvimento deste tipo de atividade empresarial no apoio aos retornados, que após a independência das colónias regressaram a Portugal, desenvolveu recentemente o projeto Criatividade, em parceria com o IPI Consulting Network Portugal.

Um empreendedor ou empresa social que procure apoio para replicar um franchise pode pode ainda dirigir-se às entidades que dão assistência a projetos de franchising comercial, como a Associação Portuguesa de Franchising; Info-Franchising ou a Incubadora Saldo Positivo da CGD.

A Cáritas, ainda que não tenha atualmente aberto o apoio a novos projetos, produziu um conjunto de manuais sobre franchising social e está acompanhar o desenvolvimento dos 24 projetos que resultaram do programa Criatividade e, por isso será sempre uma fonte de informação incontornável para quem quer abraçar o franchising social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

three × 2 =