Dicas para otimizar a gestão financeira da sua empresa

escrevendo em teclado
Foto: Pixabay

Um dos principais desafios dos empreendedores é manter em ordem a saúde financeira de seu negócio. E esse também é o principal motivo do fechamento de empresas com menos de 3 anos de funcionamento, a maioria das vezes por falta de planeamento prévio ou de conhecimento dos empresários sobre a maneira correta de administrar as finanças.

Pensando nessa dificuldade sentida por muitos empreendedores, vamos falar hoje sobre os pontos mais importantes relacionados com a gestão financeira das empresas para ajudar nessa difícil jornada que é administrar um negócio.

 

Controle todos os valores que entram ou saem da empresa

Essa dica é essencial para o bom funcionamento da empresa. É preciso registar todas as movimentações financeiras corretamente para acompanhar o andamento do negócio de perto e saber exatamente onde a empresa está gastando o dinheiro.

Você deve registar corretamente o fluxo de caixa da empresa e também os recebimentos e pagamentos futuros para não se esquecer de nenhum pagamento necessário e conseguir planear adequadamente os investimentos futuros.

Conhecer as finanças da empresa é muito importante também para saber exatamente onde os custos podem ser reduzidos em caso de crise e também quais setores precisam de melhorias.

 

Tenha um sistema de gestão financeira

A melhor maneira de realizar esse controle financeiro adequadamente é adotar um sistema integrado de gestão financeira na sua empresa. O sistema ERP oferece diversos recursos financeiros como fluxo de caixa, emissão de notas fiscais, controle de estoque, vendas, gestão de contas, além de controle de registo de clientes, etc.

Os sistemas mais atuais já funcionam com tecnologia na nuvem que garante a simplicidade de instalação e uso, e o acesso às informações de qualquer lugar ou horário, utilizando apenas um equipamento electrónico conectado à Internet.

Conhecer as finanças da empresa é muito importante para saber onde os custos podem ser reduzidos em caso de crise.

Não misture as finanças pessoas e empresariais

Infelizmente essa é uma prática muito comum entre os empresários em início de jornada e é um grande erro que pode causar prejuízos irreparáveis à saúde financeira da empresa. É essencial que as finanças da empresa e as pessoais sejam totalmente separadas, e a melhor maneira de fazer isso é estabelecendo um salário fixo que caiba no orçamento da empresa, e que seja condizendo com o cargo, para o empresário.

Algumas pessoas sentem muita dificuldade em estabelecer o seu próprio salário e, se é o seu caso, você deve imaginar quanto pagaria para um profissional que desempenhasse o seu trabalho diariamente e comparar com o que é pago por outras empresas para o mesmo cargo.

Quando o empresário tira valores de maneira indiscriminada do caixa da empresa para pagar contas pessoais causa um descontrole e pode criar um desequilíbrio importante que talvez não seja recuperado até o momento da empresa precisar daqueles valores gastos, provocando assim a falência antecipada do negócio.

 

Analise mensalmente a situação da empresa

Um administrador prevenido evita sustos no percurso da empresa. O gestor deve acompanhar todos os meses os relatórios gerados com base nos registos financeiros da empresa e realizar projeções para os próximos meses. Isso permite a tomada de atitudes em tempo hábil para garantir os pagamentos futuros e minimizar o risco de imprevistos.

É importante considerar todos os cenários possíveis e preparar a empresa para sobreviver

Trace metas e objetivos

Qualquer empresa precisa determinar objetivos e metas a serem alcançadas para alcançarem o crescimento esperado. Mas para criar essas metas é preciso ter cuidado para considerar os valores da empresa e também para não criar metas inalcançáveis.

Não é muito difícil encontrar equipes de trabalho desestimuladas e desinteressadas pelo trabalho e com frequência a causa é a cobrança exagerada por metas consideradas inalcançáveis. Ou ainda, essa mesma exigência sobre a equipe, porém sem que a empresa tenha fornecido as ferramentas adequadas para o alcance desses objetivos. Esses são grandes erros de gestão.

O ideal é traçar essas metas em conjunto com a equipe e considerar as ferramentas que são importantes para o funcionamento do plano. É essencial que nesse planeamento de metas sejam estabelecidos prazos de entregas e também determinar os funcionários responsáveis por cada tarefa.

 

Conheça o mercado e seus clientes

Um bom gestor deve conhecer bem o mercado em que seu negócio está inserido para entender as oscilações e poder tomar decisões importantes. É importante considerar todos os cenários possíveis e preparar a empresa para sobreviver a todos, antecipando possíveis problemas e crises.

Conhecer os clientes também é essencial para oferecer bons produtos ou serviços que atendam as suas necessidades. O sucesso e o crescimento da empresa dependem da confiança depositada pelos clientes em seu negócio e isso envolve manter um bom relacionamento com eles, oferecendo bom atendimento, produtos/serviços de qualidade, e proporcionando uma experiência de consumo que supere suas expectativas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

2 × three =