Programa Protechting com 235 candidatos

Protechting avalia mais de 200 candidatos
Foto: website Protechting

A terceira edição do programa Protechting, orientado para a captação e aceleração de startups, recebeu 235 candidatos de 32 países, números que representam um crescimento de 51% face à edição anterior.

Este programa financiado pela Fidelidade e pela Fosun, e que este ano se alarga também ao banco alemão Hauck & Aufhäuser, tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de projetos internacionais que contribuam para melhorar a proteção das pessoas em três áreas estratégicas – Healthtech, Insurtech e Fintech.

As startups selecionadas irão integrar o bootcamp que decorrerá a 29 e 30 de maio. Os três melhores projetos finais serão premiados com um roadshow na China, com acesso a alguns dos maiores investidores mundiais, ou integrar e desenvolver o seu negócio na Fosun, Fidelidade, Luz Saúde ou Hauck & Aufhäuser. O vencedor, com o melhor projeto de negócio, será ainda distinguido com um prémio monetário no valor de 10 mil euros.

Das candidaturas consideradas pelo programa é possível perceber que existiu uma distribuição bastante equitativa das candidaturas, o que permite ao programa cobrir todos os desafios a que se propõe.

Assente na visão partilhada da Fidelidade e da Fosun que define o empreendedorismo como uma fonte de inovação essencial na construção das sociedades do futuro, o programa Protechting pretende fomentar uma cultura de acolhimento e desenvolvimento da inovação, facilitando o acesso a recursos importantes para a evolução e concretização de ideias de negócio.

Como resultado das primeiras duas edições deste programa de incentivo à Open Innovation, seis startups, (provenientes de quatro países diferentes) continuam a manter colaboração com o Grupo Fidelidade e com a Luz Saúde contribuindo para a criação e implementação de soluções inovadoras.

No último programa, foram apuradas três startups vencedoras, Amiko, Bdeo e Visor.ai que, posteriormente, na China concorreram no Protechting | Innostar, uma importante competição dedicada à inovação, promovida pelo Grupo Fosun em conjunto com o Governo local de Ningbo, na China.

A final desta competição internacional premiou a Bdeo – uma das três startups vencedoras do Protechting em Portugal com o primeiro lugar, entre 13 startups oriundas da China, Estados Unidos, Espanha, Itália e Portugal.

A terceira edição do Protechting, será, como as anteriores, desenvolvida com o apoio da Beta-i, que assim sublinha a sua missão de construção de um ecossistema de inovação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

4 × 2 =