Recomendar é ganhar!

Recomendar é transmitir confiança
Foto: Pixabay

Ouvimos falar muito em networking, recomendação e pensamos que estes termos só na viragem do século entraram no nosso vocabulário e na nossa vida. Porem, estas duas importantes ferramentas de crescimento pessoal e profissional, já existem desde que o Mundo é Mundo.

Já os primitivos comunicavam através de sinais de fumo, consideradas as redes sociais da altura e com isso conseguiam estabelecer conexões tornado esse meio de networking uma plataforma de recomendação que funcionavam como encontros para irem à caça de sobrevivência.

A recomendação tem por base um ingrediente muito importante quer na forma como se conquista, quer na maneira como se mantém: a Confiança!

Parece óbvio que sem confiança não há recomendação que valha para determinado profissional; tendo por base este item, a recomendação é capaz de fazer maravilhas pelas nossas carreiras, vidas pessoais, sociais… porque uma recomendação de alguém credível é meio caminho andado para se estabelecer uma ideia, para fechar um negócio,para uma possível oportunidade de emprego…

Recomendar é ganhar! E ganhar o quê? Amigos, contactos importantes de profissionais das áreas que procuramos, dinheiro sendo que neste caso tem de haver para além da confiança uma relação humanamente genuína, mas acima de tudo ao recomendar estamos a ser também recomendados pela recomendação que fizemos. Estamos a dar aos outros a oportunidade de verem em nós alguém de confiança e com o qual podem estar descansados quanto a nossa seriedade, honestidade e ética.

A recomendação actualmente é um meio de fazer negócio: um facto inegável transversal a todos os sectores de actividade e que no mundo empresarial tem de assentar numa lógica win-win. Ainda assim, este enorme poder que todos nós temos, é mal aproveitado e já o fazemos de modo automático, muitas vezes sem os resultados que pretendemos.

Apostar na lógica da recomendação, é dar antes de sequer pensar em receber; e é receber mediante aquilo que se dá. Se somos genuínos, interessados, profissionais competentes e sérios, a médio prazo o que semeamos vai ser colhido. No entanto, quando recomendarem algo ou alguém, façam-no sempre com a máxima honestidade, entrega e compromisso. Sejam verdadeiros na arte de recomendar porque só vão ganhar com isso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

five × two =