Semana Global do Empreendedorismo e Dia da Mulher Empreendedora celebram-se para a semana

Inspirar as pessoas e conduzi-las a explorar o seu potencial de inovação é o grande objectivo da Semana Global do Empreendedorismo, um acontecimento que tem lugar simultaneamente em 150 países, com milhares de eventos realizados em paralelo.n nA 17 de Novembro às 9h30 na Câmara Municipal de Lisboa será dado o tiro de partida para 7 dias nos quais o foco estará colocado sobre os diversos eventos e personalidades que, um pouco por todo o lado, celebram a iniciativa dos muitos empreendedores que todos os dias trabalham para realizar os seus projectos, criando novas empresas e postos de trabalho e dando à economia um impulso tão necessário.

Dia da Mulher EmpreendedoranDe acordo com a Organização Internacional do Trabalho, há 812 milhões de mulheres que vivem em países em desenvolvimento e que poderiam contribuir mais activamente para as suas economias. Além disso, foi encontrada uma correlação direta entre as políticas para apoiar as mulheres, as oportunidades disponíveis para as mulheres e o sucesso das mulheres no mundo dos negócios. Reconhecendo as vantagens de estimular o empreendedorismo feminino, a organização da Semana Global do Empreendedorismo introduziu em 2014, pela primeira vez, um dia especialmente dedicado às mulheres empreendedoras. A propósito deste facto, Sandra Correia, CEO da Pelcor e embaixadora desta iniciativa em Portugal, acedeu a responder a algumas perguntas do Empreendedor.com.

Como surgiu a oportunidade de ser embaixadora do Woman’s Entrepreneurship Day?nO convite surgiu através da organização oficial da Organization Comittee of Global Entrepreneurship week Portugal, SEDES and APBA para ser a Embaixadora em Portugal.

Qual é o seu papel enquanto embaixadora deste evento?nO meu papel começa neste dia e termina em Novembro 2015, logo será um ano onde tentarei promover o Empreendedorismo feminino em Portugal e a nível mundial. O principal evento a ser desenvolvido será o WED Portugal e neste evento específico a 19 de Novembro irei receber os empreendedores presentes e participar no painel de discussão: o papel da mulher no progresso socioeconómico do país. Irei receber a Embaixatriz dos USA em Portugal, Kim Sawyer, que irá falar sobre o seu projecto ‘Connect for Success’ em Portugal e inspirar através da sua experiência como empreendedora no USA. Eu estou a colaborar de perto com a Sra. Embaixatriz nos projectos que trouxe para Portugal ao nível do Empreendedorismo e será um ponto alto no evento WED.

O que vai acontecer de mais importante no dia 19 de Novembro?nNo dia 19 de Novembro o mais importante será mesmo a conferência WED – Woman’s Entrepreneurship Day em Lisboa e que ocorre simultaneamente a nível mundial. Esta conferência vai ter a participação da Embaixatriz dos USA em Portugal, Ms. Kim Sawyer e também de outras empreendedoras em áreas tão vastas como a Industria Agroalimentar; Biotecnologia e Saúde; Empreendedorismo Social e Tecnológico para além de uma Mostra de algumas marcas e serviços criadas por empreendedoras femininas. No fundo, será o evento mais importante neste dia.

Que conselhos pode dar às empreendedoras que têm os seus pequenos negócios e procuram formas de ganhar visibilidade no mercado? E a quem tem simplesmente uma ideia mas não sabe como avançar?nOs conselhos fundamentais que costumo dar a todos os empreendedores, mulheres e homens são: que o seu negócio tenha por base um sonho seu; que seja algo em que acreditem; que não considerem a parte financeira como a principal para o seu negócio fluir; que sejam persistentes e que não percam as oportunidades que surgem. Que tenham uma visão global, que sejam visionários, que partilhem com outros empreendedores as suas dificuldades, porque todos passamos por isso e a nossa experiência pode ajudar outros e serem resilientes. Para quem tem uma ideia, primeiro que partilhe com outras pessoas para testar a aceitação, que faça um Plano de Negócios para analisar a viabilidade do seu negócio (hoje em dia existem PN Free na net) e só após esta fase, podem avançar da ideia a prática. O apoio financeiro, se for uma boa ideia, se o PN tiver viabilidade, vai surgir, é importante os empreendedores não se limitarem por este factor, porque tudo o resto surge.

Lemos numa entrevista sua de Janeiro 2014 que planeava trazer a conferência New Begining para Portugal em 2014. Como está a correr esse projecto?nSim, muito bem, realizamos a primeira convenção do New Beginning em Lisboa a 25 de Outubro último, onde tivemos casa cheia e a presença da Embaixatriz dos USA, Kim Sawyer. No espaço de um ano, temos cerca de 200 empreendedores e concretizamos 10 sonhos em negócio, deste número na convenção que foi aberta ao público, apresentamos 4 sonhos concretizados em negócio. Foram os próprios empreendedores que fizeram a sua apresentação, todas mulheres por sinal, e explicaram como passaram de um sonho a uma ideia e a sua concretização como negócio com a ajuda do A New Beginning for Portugal. Tudo que fazemos é através da partilha, em pro bono e filantropia e estou bastante feliz com os resultados, porque a vida destas pessoas todas mudou e estamos a mudar Portugal. Em Outubro de 2015, quero fazer a Convenção Internacional do New Beginning em Lisboa, onde gostava de ter 500 empreendedores activos e cerca de 25% dos sonhos e negócios concretizados, uns na sua fase inicial e outras já na fase de internacionalização. Nesta Convenção quero trazer a Portugal 5 empreendedores internacionais que estiveram comigo no programa nos USA e a Alecia Beth Moore, mais conhecida como Pink, para partilhar connosco como através do seu Empreendedorismo chegou a grande Performer que é hoje e como gere o facto de ser mulher numa indústria onde a competitividade é enorme.

A Semana Global do Empreendedorismo teve início em 2008 pela mão do então primeiro-ministro britânico Gordon Brown e de Carl Schramm, presidente e CEO da Ewing Marion Kauffman Foudation, uma fundação dedicada à educação e ao empreendedorismo. Em Portugal, é organizada pela SEDES (Associação para o Desenvolvimento Económico e Social) e pela APBA (Associação Portuguesa de Business Angels).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

one × 4 =