Academia Próxima Geração inicia curso para jovens políticos

Foto de Clem Onojeghuo no Unsplash

O primeiro curso de formação intensiva nas áreas de liderança, comunicação política e ética para jovens entre os 16 e os 30 anos arrancou neste fim-de-semana. A iniciativa da Associação Próxima Geração, destina-se a capacitar jovens para se tornarem atores da democracia.

Após o processo de seleção entre cerca de 600 candidatos, os 25 participantes escolhidos, provenientes de diferentes regiões do país vão ser desafiados a tornarem-se atores políticos e a dar resposta aos desafios da atualidade.

Até dia 24 de julho, através de ferramentas e módulos de educação informal, os participantes do programa passarão por três fins-de-semana presenciais de imersão em diferentes regiões do interior do país e, numa vertente prática, serão colocados perante vários desafios como criar uma política pública, escrever um manifesto, organizar uma campanha de angariação de fundos por uma causa, entre outros.

Numa vertente de reflexão, haverá também a colaboração entre participantes com a discussão de temáticas atuais (globais e locais) sempre com um especial foco nos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pela ONU para implementação da Agenda 2030.

A iniciativa – a primeira do género em Portugal – conta com o apoio da Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação e é promovida pela Associação Próxima Geração que representa, em Portugal, a rede Apolitical Academy, uma iniciativa da Fundação Daniel Sachs destinada a apoiar uma “melhor liderança para o século XXI”.

“A adesão foi bastante positiva, comprovando a vontade dos jovens de todo o país em querer participar na construção da sociedade e em obter as competências necessárias para tal. Neste sentido, estamos bastante satisfeitos com a diversidade de perfis que conseguimos juntar nesta primeira turma: temos jovens empenhados em contribuir para o nosso país com idades entre os 17 e os 30 anos, com uma boa representação de género (52% mulheres e 48% homens), de diferentes zonas do país”, explica Ricardo Marvão, Diretor Executivo da associação.

Ao longo de 12 semanas, os participantes terão acesso a conversas com oradores portugueses e internacionais do mundo político de vários quadrantes ideológicos, da sociedade civil, bem como a uma rede internacional de alumni de outras academias que permitirá trocar ideias e impressões com jovens de diferentes países.

Através de uma plataforma online desenvolvida pela Miles in the Sky, serão ainda propostas aos participantes missões semanais individualmente ou em grupo, conversas online com diversos convidados.

A Próxima Geração pretende qualificar 200 jovens até 2023, desafiando-os a serem ativos na sociedade civil, política partidária, nas associações e movimentos de bairro até ao parlamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

2 × one =