AV Portugal Summit: A Conferência de Assistentes Virtuais em Portugal

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

A primeira conferência de Assistência Virtual em Portugal, vai decorrer de 4 a 6 de fevereiro de 2021, num evento online, que pretende divulgar o serviço de assistentes virtuais e sensibilizar as empresas para as oportunidades e vantagens desta atividade.

A assistência virtual é uma profissão já enraizada em mercados estrangeiros, como o caso dos Estados Unidos, Espanha, França, Reino Unido, Brasil e mesmo as Filipinas. Todavia, apesar do crescimento da assistência virtual em Portugal, alguns mitos e incertezas têm travado o seu real potencial. Ainda assim, a comunidade de assistentes virtuais em Portugal, criada há cerca de um ano, conta já com mais de 1000 membros, sendo a sua grande maioria profissionais já no ativo.

O serviço de assistência virtual é uma atividade através da qual um profissional qualificado oferece assistência técnica, administrativa ou criativa, de forma remota a uma empresa. Trata-se de um serviço de outsourcing, geralmente desempenhado por profissionais independentes, que pode realizar diversas tarefas, como apoio administrativo, gestão de redes sociais, gestão de websites, apoio a eventos, marketing, entre várias outras.

Organizado por Bia Dias, Vera Ferreira e Marisa Carlos, promotoras da comunidade de assistentes virtuais em Portugal, o AV Portugal Summit vai dedicar palestras nas áreas ligadas à assistência virtual, ao marketing digital, à constituição de um negócio e às vendas online.

Com diversos oradores nacionais, como Regina Santana, Marina Ulhoa, Tiago Vieira ou Gonçalo Hall, o evento é direcionado maioritariamente para os interessados na Assistência Virtual, mas também responderá a questões relevantes de freelancers e empreendedores de diversas áreas.

“O AV Portugal Summit surge numa altura chave, em que cada vez mais pessoas procuram opções de trabalho remoto e liberdade profissional – em particular os que sofreram as consequências da pandemia e infelizmente acabaram o ano no desemprego ou em situações profissionais precárias”, sublinham em comunicado as organizadoras do evento.  

 “A pandemia veio efetivamente enaltecer a importância do tempo e a sua valorização. O trabalho remoto passou a fazer parte das nossas vidas, não apenas como necessidade, mas como forma de valorizar a qualidade de vida dos trabalhadores e, consequentemente, a qualidade com que entregam o trabalho”, destacam.

Também os novos hábitos de trabalho e consumo criaram uma necessidade real para se atuar no meio virtual – pela eficácia, pela comodidade, pela poupança monetária e pela ajuda que fornecem ao crescimento dos negócios. Tendo em conta o franco crescimento das comunidades e a procura por oferta especializada, as organizadoras acreditam que a Assistência Virtual será a profissão em destaque em 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

17 − 3 =