Building The Future atrai 21 mil participantes

Building The Future
Andrés Ortolá e Filomena Cautela no palco do evento Building The Future

Building The Future, o principal evento português de transformação digital, registou um total de 21 mil participantes online em 66 países.

Durante três dias, entre 26 e 28 de janeiro, especialistas, estudantes e empreendedores partilharam conhecimento sobre como a tecnologia está a redefinir o progresso humano e a forma como interagimos com a realidade. Esta 4.ª edição, que decorreu online através de transmissão em live streaming a partir do teatro Capitólio, em Lisboa, juntou 365 oradores em 180 sessões, para debater os desafios da transformação digital.

“Portugal é um país de empreendedores e de inovadores. Ao longo destes três dias, aprofundámos a necessidade de acelerar os processos de Transformação Digital e de desenvolvimento de competências, em torno de pilares como “Pessoas”, “Planeta”, “Educação” e “Skilling””, afirma Andrés Ortolá, General Manager da Microsoft Portugal, a principal entidade organizadora do evento.

Andrés Ortolá sublinha que esta foi uma oportunidade de refletir sobre temas basilares da economia digital. “Tivemos momentos efetivos de hacking para a área da Sustentabilidade, de desenvolvimento de soluções inovadoras com Startups para as áreas de Cibersegurança, Deep Tech e 5G e uma caça ao talento com oportunidades reais. Produziram-se mais de 65 horas de conteúdo, que serão acessíveis a todos os portugueses. Assistimos ao que de melhor se faz no país e testemunhámos como a transformação digital é o motor do futuro”, acrescenta.

Na 4ª edição do Building The Future, os organizadores procuraram demonstrar que o país dispõe das “tecnologia certas para continuar a Ativar Portugal, tornando-o um país mais competitivo, inovador e sustentável”.

“Pelo 2º ano consecutivo em contexto pandémico, não baixámos os braços e voltámos a fazer um evento extremamente inovador, recorrendo, inclusivamente, pela primeira vez em Portugal, a um sistema de realidade aumentada orgânica”, reforçou Teresa Virgínia, CMO & PR Lead da Microsoft Portugal.

“Além destas novas tecnologias, que fazem a diferença, tivemos, também, através do digital, a oportunidade de ter uma série de speakers nacionais e internacionais a partilhar histórias e testemunhos que acreditamos serem vitais para inspirar e desafiar a sociedade e economia portuguesas. A Filomena Cautela voltou a dinamizar todo o evento, e sentimos essa energia a ecoar nos chats que estiveram ao rubro durante os três dias”, acrescentou Teresa Virgínia.

A plataforma do Building The Future, vai ficar operacional até dia 4 de fevereiro, para assegurar aos participantes a oportunidade de fazerem networking e matchmaking personalizados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

three × two =