Cortiça portuguesa reveste interior do novo Mazda elétrico

Foto Mazda/Corticeira Amorim

A cortiça foi utilizada no interior do novo carro 100% elétrico da Mazda. O material integra o revestimento da consola do MX-30 e foi escolhida pelos designers japoneses pelo facto de tratar-se de uma matéria-prima natural, sustentável e biodegradável, contribuindo, assim, para reduzir a pegada ambiental do novo modelo da marca nipónica.

Fornecida pela Amorim Cork Composites, unidade de negócio da Corticeira Amorim que desenvolve produtos, soluções e aplicações para algumas das atividades mais sofisticadas do mundo, como as indústrias aeroespacial, automóvel, construção, desporto, energia ou design, a cortiça confere ainda ao novo modelo da marca japonesa conforto, impermeabilidade, e isolamento térmico, acústico e antivibrático.

Segundo a project manager do novo modelo da Mazda, Tomiko Takeuchi, “os automóveis já não servem apenas para deslocar os passageiros do ponto A ao ponto B, pelo que é importante aumentar o prazer durante as viagens. Isto é, fazer com que as pessoas apreciem o tempo que estão no carro”., sublinhando que ao colocar cortiça no interior do veículo, este assume um visual único, intensificando a sensação de contato, equilíbrio e harmonia com a natureza.

Para o Presidente e CEO da Corticeira Amorim, António Rios de Amorim, a cortiça é “uma matéria-prima por natureza tão excecional que poderia parecer impossível melhorá-la à partida. Mas é precisamente isso que a Corticeira Amorim tem levado a cabo nos últimos 150 anos, promovendo programas estruturados de inovação, apostando na diferenciação pela ímpar qualidade, e contribuindo como nenhum outro player no setor para a reinvenção deste singular recurso natural”.

Utilizando técnicas de moldação, as caraterísticas naturais da cortiça como a leveza, a elasticidade e a suavidade ao toque unem-se, proporcionado uma sensação de bem-estar, beleza natural e comodidade no interior do carro. Uma solução que, tendo presente a resiliência, a compressibilidade e a resistência ao atrito deste material único, também está preparada para resistir às exigências do quotidiano.  Seja pelo uso consecutivo, pela condução mais desportiva ou pelo estado das vias rodoviárias.

A integração da cortiça no interior do novo Mazda MX-30 representa, para a corticeira portuguesa, “uma conquista alinhada com a sua missão”, ao mesmo tempo que satisfaz as necessidades dos consumidores, antecipando as tendências do mercado, e “superando as expetativas das atividades mais tecnológicas, disruptivas e exigentes do globo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

5 × five =