Detetor de bactérias multirresistentes vence eAwards Portugal

Diogo Caetano, Débora de Albuquerque e Rúben Afonso junto com Tiago Barroso, CEO da NTT Data Portugal na cerimónia da entrega dos prémios eAwards Portugal
Na foto: Diogo Caetano, Débora de Albuquerque e Rúben Afonso junto com Tiago Barroso, CEO da NTT Data Portugal na cerimónia da entrega dos prémios eAwards Portugal

Dispositivo inteligente para deteção precoce de bactérias multirresistentes vence prémio de empreendedorismo da Fundação NTT Data. A Bactometer é um projeto da startup portuguesa Cobe Tech, que ficou apurada para a final internacional dos eAwards e conquistou um prémio de 10.000 euros.

A NTT Data Foundation escolheu o projeto Bactometer, da startup Cobe Tech, como o grande vencedor da 21.ª edição dos eAwards Portugal. Esta iniciativa da fundação espanhola tem por objetivo estimular a inovação e o empreendedorismo. Os eAwards procuravam projetos com uma forte componente de inovação, que, por via da tecnologia, pudessem gerar uma transformação positiva e duradoura na vida das pessoas e/ou contribuir para uma sociedade mais sustentável.

Ao vencer a final nacional, a equipa de Diogo Caetano, Débora de Albuquerque, Ana Rita Soares e Rúben Afonso assegurou um prémio de 10.000€ e um programa de aceleração especializado. O projeto premiado da edição portuguesa vai ainda competir com os vencedores de outros 14 países da Europa e América Latina na final dos eAwards Global, que vai decorrer em Madrid, entre os dias 24 e 26 de outubro de 2022, na qual será atribuído um prémio de 60.000€ ao vencedor.

Para Diogo Caetano, CEO da Cobe Tech, este prémio, “vai permitir aprofundar o desenvolvimento do nosso dispositivo inteligente, de combate à pandemia silenciosa das bactérias multirresistentes. Uma realidade, que se estima provocar 4,5 milhões de infeções hospitalares, todos os anos na Europa e que poderá provocar 10 milhões de mortes a nível global, até 2050.”

Projetos finalistas na 21ª Edição dos NTT Data eAwards Portugal

Participando na categoria de saúde, o projeto Bactometer apresentou uma solução destinada a prevenir infeções hospitalares através de um dispositivo inteligente para deteção precoce de bactérias multirresistentes. Trata-se do primeiro sistema magnético point-of-care para deteção qualitativa, rápida (em menos de 1 hora) e de baixo custo de agentes patogénicos, com elevada sensibilidade e especificidade.

O prémio atribuído vai permitir ao vencedor consolidar o plano de negócios e robustecer o protótipo que será apresentado na final internacional, que vai decorrer no âmbito da NTT Data talent week, uma semana dedicada à promoção do empreendedorismo e do networking que reúne anualmente o ecossistema de inovação da Fundação NTT Data.

Para além do prémio em disputa, na Final, os 15 projetos vencedores de cada país participante – Bélgica, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, Holanda, Itália, México, Perú, Portugal, Reino Unido, Roménia, Alemanha, Áustria e Suíça, – terão a oportunidade de reunir com investidores e mentores, assim como conhecer as melhores práticas dos seus pares.

“Os eAwards são uma plataforma para que essas ideias ganhem vida ou um novo impulso, por isso, desempenham um papel fundamental na nossa estratégia de sustentabilidade e é muito gratificante constatar que a qualidade dos projetos que chegam a estas finais melhora a cada ano que passa, o que significa que estamos na direção certa”, frisa Tiago Barroso, CEO da NTT Data Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

20 − ten =