doDOC – A primeira startup portuguesa no Techstars

A empresa, criada em fevereiro de 2014 por Carlos Boto, Paulo Melo e pelo argentino Federico Cismondi, estudantes do programa de doutoramento do MIT Portugal, foi escolhida entre mais de 1.500 candidatas de todo o mundo para integrar o programa de desenvolvimento de empresas tecnológicas do Techstars, em Boston.

A doDOC está orientada para soluções empresariais na gestão de documentos, permitindo automatizar passos, em setores onde a produção de texto obriga à gestão de vários documentos e obedece a regras estritas. A empresa está a iniciar a entrada no mercado através de empresas farmacêuticas e de biotecnologia.

A empresa já tinha sido uma das dez finalistas do Lisbon Challenge, agora o investimento da Techstars abre novas oportunidades de crescimento ‘além do reconhecimento do nosso trabalho’, explicou Carlos Boto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

18 − four =