Estudo Destaca Papel Estratégico dos Departamentos de RH no Sucesso das Organizações

Foto de Freepik

O relatório internacional “Radioscopia aos Departamentos de Recursos Humanos 2024“, conduzido pelo Grupo Cegos, revelou os principais desafios e transformações enfrentados pelos departamentos de RH em nove países, incluindo Portugal. O estudo envolveu 5.052 colaboradores e 554 decisores de RH de empresas com 50 ou mais funcionários.

Os departamentos de Recursos Humanos (DRHs) são vistos como agentes cruciais nas mudanças organizacionais, apoiando tanto o desenvolvimento tecnológico quanto questões sociais. A maioria dos profissionais de RH possui mais de três anos de experiência na área, refletindo a maturidade e diversificação dos perfis, com uma crescente inclusão de profissionais de outras áreas.

Entre os desafios estratégicos enfrentados pelos DRHs destacam-se a atração e retenção de talentos, o suporte à transformação organizacional e o desenvolvimento de competências. A integração da inteligência artificial permanece um ponto de atenção, com cerca de 70% dos decisores de RH ainda não a considerando nas suas práticas.

Fonte: Estudo internacional Grupo Cegos 2024 “Radioscopia aos Departamentos de Recursos Humanos”

A gestão de pessoas continua a ser uma prioridade, com foco na qualidade de vida no trabalho, apoio ao desenvolvimento profissional e inclusão. A colaboração com gestores é considerada fundamental para o sucesso das iniciativas de RH, refletindo a importância da partilha de responsabilidades.

Os DRHs também precisam de se adaptar rapidamente a situações de emergência, pressão constante e mudanças estratégicas frequentes. Apesar desses desafios, a maioria dos profissionais de RH expressa confiança e entusiasmo em relação ao futuro, comprometendo-se com o desenvolvimento contínuo das suas competências.

O estudo identificou fatores que impulsionam a evolução das práticas de RH, como a dificuldade em atrair e reter talentos, mudanças nas formas de trabalho, expectativas das novas gerações, stress no local de trabalho e avanços tecnológicos. As competências essenciais para os DRHs do futuro incluem empatia, proximidade com as equipas, capacidade de escuta, competências digitais e responsabilidade social empresarial (RSE).

O relatório revela um cenário complexo e dinâmico para os departamentos de RH. Para prosperarem, os DRHs precisam de ser ágeis, adaptáveis e comprometidos com o desenvolvimento contínuo das suas competências. A colaboração estreita com gestores e o investimento em novas tecnologias serão vitais para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades emergentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

8 − 4 =