FuckUp Nights — Ultrapassar o Fracasso

O evento nasceu no México, há cerca de 3 anos, com o objetivo de analisar os fatores que estiveram na origem do insucesso, e partilhar as lições aprendidas. O ambiente informal das Fuckup Nights pretende criar uma nova cultura baseada na aceitação do fracasso enquanto parte do percurso dos empreendedores.

Na sessão desta quarta-feira, a partir das 19 horas na Reitoria da Universidade de Lisboa, quatro convidados partilham as histórias do que deu errado na sua experiencia empresarial, e o que fariam agora de modo diferente. Se aprender com os próprios erros, permite aperfeiçoar os projetos, contribuindo para a persistência e perseverança dos empreendedores, através dos erros dos outros é possível conhecer os sinais de alarme que eles identificaram no caminho.

É o caso de Miha Matlievski que aos 18 anos de idade, abandonou a escola para trabalhar no negócio da família, que ele teve que assumir quando o seu pai faleceu. Depois de uma primeira ameaça de falência, ele conseguiu salvar a empresa conduzindo-a a um crescimento anual na ordem dos 100% em cada um dos quatro anos seguintes. Nesse meio tempo, Miha lançou-se em quatro novos projetos, mas algumas más decisões acabaram por levar essas quatro empresas à falência, deixando-o com uma enorme dívida.

A experiência de Miha Matlievski revela que o sucesso nunca está garantido, mas o fracasso também não é necessariamente uma tragédia. Para ajudar a aprender com isso, André Almeida criou uma empresa que apoia os empresários no desenvolvimento de ferramentas e competências para alcançar os seus objetivos. Ele vai falar da sua experiencia em vários mercados internacionais e das dificuldades dos empresários estrangeiros para começar um negócio em Portugal.n nFilipe Carvalho lançou-se no mundo empresarial depois de terminar seus estudos em Gestão. Ele criou a Wide Scope, uma das dez empresas que mais crescem em Portugal, de acordo com o estudo da InformaDB, e foi reconhecido pela Deloitte como uma das 500 com o maior crescimento na Europa. A sua estratégia de internacionalização abriu-lhe novos mercados como a Austrália, Turquia, Singapura, França e Reino Unido. É uma história de sucesso que terá tido, no entanto, dificuldades que Filipe Carvalho irá partilhar.

Filipa Laranjeira da Uniplaces é outra oradora desta FuckUp Nights, ela é especialista na área de recursos humanos. Porque muitas vezes o fracasso ou o sucesso dependem da equipa, será também útil conhecer a opinião de alguém experiente em ambientes multiculturais.

Porque a maioria dos empresários não cria um projeto de sucesso logo na primeira tentativa, as realizações alcançadas com a experimentação e a partilha dos erros constituem o verdadeiro segredo das histórias de sucesso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

2 × one =