NEST cria rede de cooperação internacional para a inovação no turismo

Imagem de Naobim / Pixabay

O NEST – Centro de Inovação do Turismo está a criar uma rede internacional para incentivar a cooperação entre startups, tecnológicas portuguesas e players internacionais. O objetivo é dar mais visibilidade ao ecossistema nacional, facilitando a escalabilidade das soluções criadas em Portugal.

Ao todo serão mais de 40 entidades que vão juntar-se na rede internacional criada pelo NEST, como a Innovate Israel (Israel), Liga Ventures (Brasil), Demium (Espanha), Corallia (Grécia) e Innovway (Dubai). O objetivo é dar visibilidade a iniciativas e programas desenvolvidos pelo NEST, e abrir os mesmos a startups e entidades de outros países para incentivar à cooperação a um nível global.

Até ao final do ano, o NEST planeia arrancar com um conjunto de iniciativas no sentido de impulsionar a inovação no ecossistema do turismo português, nomeadamente um Hackathon para o desenvolvimento de projetos sustentáveis no turismo. Também está prevista a criação do Future Labs Hotel, no Hotel Escola de Setúbal, com o objetivo de testar ideias e protótipos inovadores na hotelaria.

O Programa Building Bridges, onde empresas da área do turismo desafiam startups a apresentar soluções úteis para os problemas que enfrentam nas suas operações é outra das iniciativas agendadas para este ano.

“Para o NEST é essencial criar pontes entre o ecossistema português e outras organizações de referência no empreendedorismo internacional. É essencial expor as nossas startups a outros players internacionais do turismo e dar-lhe as ferramentas de que necessitam para escalarem as suas soluções”, refere Roberto Antunes, diretor executivo do NEST – Centro de Inovação do Turismo.

No sentido de expor o centro às iniciativas internacionais para a inovação no turismo, Roberto Antunes, diretor executivo do NEST, participou no dia 12 de outubro na European Tourism Convention, uma iniciativa da União Europeia que tem como objetivo desenhar as orientações estratégicas para o turismo do futuro.

Roberto Antunes conduziu um dos grupos de trabalho onde foram sugeridas várias medidas no âmbito do tópico “seamless experience” (a experiência perfeita), visando garantir a implementação de protocolos eficientes de saúde e segurança (por exemplo, número de identificação de viagem europeu); assegurar a gestão inteligente dos fluxos / multidões de turistas; e inserir tecnologias contactless nas infraestruturas que facilitem as escolhas do consumidor e a assistência aos visitantes.

O NEST – Centro de Inovação do Turismo é uma associação privada, sem fins lucrativos, criada em 2019 com o objetivo de apoiar o desenvolvimento de novas ideias de negócios ea experimentação de projetos e o empoderamento das PME no campo da inovação e da economia digital no setor do turismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

5 + 7 =