O que é um Solopreneur e como triunfar empreendendo sozinho

Como tornar-se Solopreneur
Foto de David McEachan em Pexels

Nos últimos anos, o interesse pelos empreendimentos independentes tem-se tornado cada vez mais forte. Num mercado com muitas oportunidades, cada vez mais pessoas estão a iniciar o seu próprio caminho, em busca de maior satisfação e equilíbrio no seu trabalho e na sua vida pessoal.

Estes empreendedores – que em alguns casos podemos chamar-lhes Solopreneur – têm como objetivo revolucionar o mercado e apoiam-se nas novas tecnologias que estão a surgir para facilitar o mundo empresarial.

Mas o que é um Solopreneur, porque não chamá-lo simplesmente empreendedor ou empresário?

Neste artigo, vamos contar-lhe o que é um Solopreneur, como se diferencia de um empreendedor ou Entrepreneur e o que precisa de ter em conta se quiser tornar-se um.

O que é um “Solopreneur”?

Um Solopreneur é um empreendedor que procura inventar a sua própria marca pessoal. Pode começar com pouco dinheiro e não pretende criar uma empresa ou contratar empregados, procura antes ser empreendedor individual e criar o seu próprio nicho no mercado. Ou seja: procura vender e cultivar a sua própria marca e quer fazê-lo sozinho.

Diferenças entre um Solopreneur e um Entrepreneur

É importante esclarecer qual é a diferença entre um Solopreneur e um Entrepreneur (ou Empreendedor), uma vez que, em princípio, eles parecem ser o mesmo.

Já conhecemos uma definição simples de Solopreneur, mas o que é um Entrepreneur? Um Entrepreneur é precisamente um empreendedor ou empresário que inicia o seu próprio negócio, assumindo os riscos económicos que este empreendimento pode ter.

Agora, com as definições básicas em cima da mesa, passamos a detalhar algumas das principais diferenças entre Solopreneur e Entrepreneur.

Imagem

Os Entrepreneurs são “o rosto da empresa”: empresários que têm ideias, fazem contactos, divulgam, assinam contratos, comercializam. Mas uma vez desenvolvido o empreendimento, o trabalho é feito pelos trabalhadores contratados, que são liderados pelo Entrepreneur.

Os Solopreneurs são “a empresa”. Não só estão plenamente envolvidos na produção do seu negócio, como são eles que realizam o trabalho e se sentem mais confortáveis a executar todos os segmentos do seu empreendimento.

Foto de Karolina Grabowska em Pexels

Empregados

Os Entrepreneurs contratam empregados se precisarem de ajuda para desenvolver as suas atividades. Estes empregados tornar-se-ão parte da folha de pagamentos do empreendimento e a produção dependerá deles.

Os Solopreneurs, no caso de necessitarem de trabalhadores, preferirão procurar um prestador de serviços ou freelancer, que não fará parte da empresa. O recurso ao trabalho externo é normalmente necessário para atividades ou projetos específicos e é acordada uma taxa de remuneração caso-a-caso. O produto final dependerá principalmente do solopreneur.

Lugar

Os Entrepreneurs têm frequentemente uma empresa ou local físico onde o empreendimento se realiza, com o seu próprio escritório e espaço para empregados. Precisam de mais espaço para poderem produzir o seu produto ou serviço.

Os Solopreneurs normalmente trabalham em casa e qualquer local onde possam trabalhar é o seu escritório. É comum que ofereçam um produto ou serviço à distância.

Foto de Helena Lopes em Pexels

Objetivos

Os entrepreneurs tendem a ser empreendedores e a procurar novos horizontes, mudanças e oportunidades. Procuram o crescimento, procuram expandir-se, escalar, procurar novas oportunidades e crescimento contínuo.

Podem iniciar um empreendimento e depois vendê-lo e iniciar outro, ou ter vários empreendimentos ao mesmo tempo.

Os Solopreneurs procuram concentrar-se num único negócio, numa base constante e não mudá-lo, tornando-o na sua própria marca. Procuram estabilidade sem necessidade de expansão, pois querem continuar a gerir e a trabalhar por conta própria, contratando independentemente apenas se necessário.

É pouco provável que vendam o seu negócio ou que iniciem outros negócios diferentes.

Lucro

Os Entrepreneurs partilham lucros, uma vez que têm empregados e podem ter sócios, acionistas e franquias, pelo que devem dividir os lucros do empreendimento.

Os Solopreneurs trabalham sozinhos, pelo que o lucro é inteiramente para eles.

Fonte: Freepik

Decisões

Os Entrepreneurs partilham as responsabilidades de tomada de decisões. Mesmo que sejam os líderes do projeto, necessitam frequentemente de outros atores para tomar decisões, sejam eles empregados, parceiros ou acionistas.

Os Solopreneurs tomam as decisões sozinhos.

Flexibilidade

Os Entrepreneurs, ao partilharem decisões e funções dentro da empresa, estão dependentes de outros atores e as suas ações também afetarão outros. Por conseguinte, não têm total flexibilidade nas suas funções.

Os Solopreneurs, ao trabalhar sozinhos, têm mais independência, uma vez que as suas decisões não costumam afetar os outros. Por exemplo, eles têm um horário flexível, mas também estão mais em risco.

Paixão

Os Entrepreneurs são empresários. Estão à procura de um negócio para crescer e liderar.

Os Solopreneurs são apaixonados pelo que fazem. Procuram cultivar o que amam para que isso se torne numa marca pessoal.

5 vantagens e 5 desvantagens de empreender sozinho

Agora que conhece as diferenças entre Solopreneur e Entrepreneur, pensamos que é altura de perceber quais são as vantagens e desvantagens de ser Solopreneur, no caso de estar a pensar em tornar-se um.

Fonte: Habitium.pt

Vantagens de ser um Solopreneur:

  • É possível desenvolver todo o negócio sob as suas próprias perspetivas e ideais, sem a necessidade de compreender e explicar aos outros;
  • Maior possibilidade de horários de trabalho flexíveis e trabalho à distância;
  • 100% de lucro para o Solopreneur;
  • O sucesso do negócio depende exclusivamente de si;
  • Menos responsabilidades, uma vez que não há salários.

Desvantagens de ser um Solopreneur:

  • Por vezes pode sentir solidão e falta de apoio ou feedback;
  • Se o negócio falhar, a responsabilidade é exclusivamente sua;
  • Ter de priorizar opções, ao crescer;
  • Os riscos financeiros recaem apenas sobre si;
  • Desmotivação gerada pela dificuldade em tornar o negócio rentável.

6 dicas se estiver a pensar em tornar-se um “Solopreneur”.

  • Seja claro quanto aos seus objetivos para que possa organizar o seu trabalho de modo a conseguir cumpri-los. Conheça o nicho em que pretende entrar e defina claramente o seu público-alvo.
  • Os riscos envolvidos no empreendedorismo são grandes, e ainda mais se todos eles recaírem sobre si. Tenha em mente que algo pode sempre correr mal e não desista caso isso aconteça. Como é o proprietário e o trabalhador, lembre-se que o negócio depende apenas de si para crescer e prosperar.
  • Arrisque. Para o seu negócio funcionar e manter-se de pé, precisa de tentar ideias diferentes, sem medo.
  • Utilize uma boa estratégia de diferenciação para o produto ou serviço que oferece.
  • Desta forma, conseguirá que os clientes comprem a si e não a outra empresa que venda um produto semelhante.
  • Contrate freelancers para realizar as tarefas que menos se adapta. Por exemplo, para o design da sua marca; para publicar em redes sociais; ou para criar um website. Não só porque trabalha sozinho, mas também porque precisa de delegar as tarefas que não faz muito bem, já que isso pode prejudicar o seu negócio.
Fonte: Pexels.com

Já conseguimos descrever um empreendedor nato que tem sucesso empreendendo sozinho.

Em princípio, parece difícil compreender o que diferencia um Entrepreneur de um Solopreneur. Embora as diferenças não sejam muito grandes, é importante que as tenha em conta para determinar o perfil que melhor lhe convém.

E a si, a que conclusão chega? Acha que tem o perfil de um verdadeiro Solopreneur? Ou considera-se mais como um grande Entrepreneur e líder de equipa?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

seventeen − 13 =