Óscar de “Melhor Som” usa software de áudio português

Imagem de Sound Particles

Dune, um dos filmes de ficção científica mais premiados da noite dos Óscares, venceu em seis categorias, incluindo a de melhor som, cuja tecnologia utilizou software de áudio inovador desenvolvido por uma startup portuguesa.

A Sound Particles, criada por Nuno Fonseca, desenvolveu um software de áudio 3D que mudou o paradigma do som. O Sound Particles é um software áudio especialmente vocacionado para a criação de ambientes épicos, como é o caso do filme Dune.

O software da startup de Leiria tem sido utilizado nos maiores estúdios de Hollywood em produções bem conhecidas como Game of Thrones, Star Wars, Frozen 2 e agora em Dune. A startup fundada por Nuno Fonseca, em 2016, conta já com uma equipa de mais de 25 pessoas no desenvolvimento do produto que, além dos estúdios de cinema é também utilizado na criação de jogos e mais recentemente na produção de música.

Com escritórios em Leiria e futuramente em Los Angeles, “A Sound Particles assume-se no mercado como um player que está a revolucionar o software áudio, com um paradigma completamente novo”, diz Nuno Fonseca, fundador e CEO da empresa de software de áudio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

18 − 14 =