Portugal perde competitividade

O Relatório Global de Competitividade do World Economic Forum aponta para uma nova descida de Portugal na escala dos países mais competitivos. No relatório de 2016 Portugal desceu outo lugares, de 38º para 46º, num universo de 138 países. No ano passado já tinha descido duas posições.

A política fiscal é considerada o fator mais problemático para os negócios e também a principal preocupação manifestada pelos empresários. A burocracia mantém-se no 2º lugar e em 3.º está a preocupação dos empresários sobre a instabilidade política no país.

Entre outras razões para a queda de competitividade portuguesa estão ainda as regulamentações laborais e os regulamentos fiscais. As condições de acesso ao financiamento são também apontadas como problemáticas pelos empresários consultados pelo estudo.

O Relatório Global de Competitividade é apresentado anualmente pelo World Economic Forum e é o resultado de um inquérito de opinião de empresários realizado em 138 países do mundo. Em Portugal o inquérito esteve a cargo da PROFORUM, Associação para o Desenvolvimento da Engenharia; pelo FAE, Forum de Administradores e Gestores de Empresas; e pela AESE Business School de Lisboa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

4 × 5 =