Portuguesa UpHill conquista mercado internacional

Foto de UpHill

Startup que desenvolve software de gestão hospitalar e treino clínico avançado já está na Grécia, Noruega, Países Baixos e Suécia. As exportações representam 25% da faturação da empresa.

Um ano depois de ter fechado a primeira ronda de investimento, a UpHill, que desenvolve ferramentas para os profissionais de saúde melhorarem as suas competências clínicas, dá os primeiros passos além-fronteiras e já fechou contratos na Grécia, Noruega, Países Baixos e Noruega.

Com praticamente 100 mil utilizadores únicos em Portugal, presença nos principais grupos hospitalares privados – Luz Saúde, José de Mello e Lusíadas – e várias farmacêuticas na carteira de clientes, a tecnológica está agora também a apoiar multinacionais na investigação e formação em doenças raras ou doenças com alta taxa de prevalência como, por exemplo, a insuficiência cardíaca, em hospitais dos quatro países europeus.

“No último ano, a UpHill solidificou a presença em Portugal, alargou a oferta de produtos que disponibiliza para facilitar a atualização dos profissionais de saúde, aumentou a carteira de clientes e quintuplicou as receitas, comparativamente a 2018. Além de consolidar a presença no mercado português, escalar o negócio para outras geografias era algo que ambicionávamos e, agora que estão fechados os primeiros contratos internacionais, estamos focados em dar continuidade a este trabalho de expansão em países como a Alemanha, Espanha, França ou o Reino Unido, que são aqueles em que existem mais profissionais de saúde e maior número de doenças em termos absolutos”, afirma Eduardo Freire Rodrigues, cofundador e CEO da UpHill.

Neste momento com projectos na Grécia, Noruega, Países Baixos e Suécia, as exportações representam 25% das receitas da empresa.  

Fundada em 2015, a UpHill visa melhorar a qualidade dos cuidados de saúde prestados, através do aumento da compliance dos profissionais de saúde face às boas práticas definidas internacionalmente. Para tal, a startup disponibiliza um conjunto de ferramentas que permitem a médicos e outros profissionais de saúde estarem a par da evidência científica mais recente, através da seleção e sumarização dos principais artigos científicos e treinarem a abordagem diagnóstica e terapêutica de várias doenças, através da criação de protocolos de atuação e casos clínicos de simulação virtual.

O conjunto de produtos desenhados pela startup portuguesa permite às unidades de saúde melhorar a gestão da qualidade das suas equipas, ao mesmo tempo que, através da formação contínua, ajuda os médicos a tomar decisões mais eficazes, com vista a obter melhores resultados e maior segurança para o paciente.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

1 × five =