SAP apoia startups fundadas por empreendedores sub-representados

Foto de Andrea Piacquadio em Pexels

A SAP SE anunciou o apoio a 200 startups fundadas ou lideradas por uma mulher ou por um elemento de um grupo sub-representado. Com este anúncio, antecipa em seis meses o objetivo, inicialmente delineado, que apontava atingir este número até início de 2023.

A iniciativa foi lançada em janeiro de 2019, o SAP.iO No Boundaries, é a primeira iniciativa inclusiva e abrangente de empreendedorismo, para empresários sub-representados ou subestimados na indústria de software empresarial.

O objetivo era demonstrar que, apesar da diversidade produzir melhor inovação, a maior parte do financiamento de risco acaba por ser direcionada para startups fundadas ou lideradas por uma população muito restrita.

Como consequência, a SAP comprometeu-se a desenvolver a sua rede mundial do programa externo para startups sem capital, o SAP.iO Foundries, com enfoque no empreendedorismo inclusivo.

Desde o início foi estabelecida uma meta ambiciosa de apoiar, até 2023, pelo menos 200 start-ps fundadas ou lideradas por empreendedores sub-representados. Para isso, o programa SAP.iO Foundries construiu uma equipa de diversidade, comunicou o processo de sourcing de startups, participou em eventos e fez parcerias com organizações que apoiam empreendedores sub-representados.

Foto de Marcus Aurelius em Pexels

Como resultado, as startups com este perfil representam agora 44% do portefólio do programa SAP.iO, num total de 450 startups, e igualam ou superam as suas homólogas em benchmarks utilizados como medida de sucesso. Assim, representam:

  • 51% das saídas do portefólio (18 em 35)
  • 50% dos unicórnios em portefólio (2 em 4)
  • 42% do capital de risco acumulado angariado por startups no âmbito do programa SAP.iO (2,7 mil milhões de um total de 6,6 mil milhões de dólares)
  • Uma maior probabilidade de progressão na sua parceria com a SAP.

“A SAP acredita firmemente que o talento é distribuído de forma igual, mas o mesmo não acontece com as oportunidades”, explica Alexa Gorman, Diretora, SAP.iO Foundries e Intrapreneurship, da SAP. “Estamos a fazer o que está ao nosso alcance para proporcionar um maior acesso às oportunidades, junto de fundadores de toda a parte, ao mesmo tempo que adicionamos inovação e incrementamos valor aos clientes da SAP”.

Ao longo deste programa, as startups recebem apoio técnico e comercial, para as ajudar a integrar-se e a tornarem-se parte de um ecossistema com curadoria, onde as suas ofertas são facilmente acessíveis aos clientes SAP.

Uma das startups mais bem-sucedidas do programa SAP.iO é a Censia Inc, fundada por uma mulher. A Censia amplia o software de gestão de RH fornecido pela SAP, ao permitir a revisão dos currículos, por via de inteligência artificial, passive sourcing e de um software de avaliação dos candidatos. A startup celebrou com sucesso 14 oportunidades de mercado com grandes marcas, como a PepsiCo Inc, Tapestry Inc. e TJ Maxx.

Joanna Riley, CEO da Censia, afirma: “estou a aprender lições que a SAP conseguiu ao longo de anos de experiência e a aplicá-las ao meu negócio, para obter vantagens competitivas. Recomendo a qualquer organização que olhe para o SAP.iO, o qual é um recurso inestimável para startups, especialmente aquelas orientadas para o sector empresarial”.

Até 2028, o programa SAP.iO Foundries pretende que 45% do seu portefólio seja composto por startups fundadas ou lideradas por pessoas cuja participação no financiamento, através de capital de risco na indústria tecnológica, seja proporcionalmente inferior à sua representatividade demográfica. Algo que significaria mais de 40% em 2018.

Para atingir este objetivo, o programa continua com a sua bem-sucedida estratégia de execução, para além de adicionar a representação geográfica como foco de sourcing.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

3 − one =