Tendências 2023: Empresas pretendem aumentar o investimento na transformação digital

Foto de Mikael Blomkvist em Pexels

Apesar da desafiante perspetiva económica para 2023, 60% das empresas ainda planeia aumentar as suas despesas em tecnologia e digital em 2023, em comparação com este ano. 94% das empresas deseja obter resultados significativos e rápidos através da sua transformação digital, contudo, 70% das transformações digitais não atingem os seus objetivos, podendo até prejudicar o negócio.

Embora 94% das empresas tenha grandes ambições de obter resultados significativos e rápidos através das suas transformações digitais, a maioria destas transformações digitais não conseguem atingir os seus objetivos. O recente estudo “Mind the Tech Gap”, da Boston Consulting Group (BCG), mostra que, apesar das perspetivas adversas para a economia mundial, 60% das empresas ainda planeia aumentar as suas despesas em tecnologia & digital em 2023 em comparação com 2022, sendo a transformação dos modelos de negócio e a sustentabilidade as duas principais áreas para investimentos futuros.

Este estudo da BCG baseia-se num inquérito realizado a cerca de 2.700 executivos que estão envolvidos em transformações digitais em empresas de diferentes indústrias e de 13 países diferentes.

Foto de Karolina Grabowska em Pexels

A pesquisa foi anunciada no âmbito do lançamento da BCG X, uma unidade híbrida de desenvolvimento & design tecnológico que reúne quase 3.000 cientistas, engenheiros, programadores e designers. “A BCG X é um multiplicador das equipas tecnológicas dos nossos clientes, trabalhando em estreita colaboração para tirar proveito do nosso talento líder em IA, engenharia de software, crescimento via digital, tecnologia verde e deep tech”, explica Jessica Apotheker, diretora de marketing da BCG e especialista líder em transformações de grande escala de go-to-market digital.

O estudo revela que os cinco principais desafios na execução de transformações digitais são: escolher as tecnologias disruptivas certas, sendo as três mais citadas a inteligência artificial (IA) avançada, blockchain e Internet of Things; escalar rapidamente novas soluções digitais; recrutar talento digital, nomeadamente de especialistas em tecnologias avançadas, engenheiros de software e data scientists; priorizar onde investir e o que desenvolver; e gerir o custo e a incerteza no retorno dos investimentos.

Além disso, os inquiridos expressaram preocupações e desafios com os seus ecossistemas de parceiros e fornecedores de tecnologia. Estes incluem a coordenação complexa de fornecedores (~85%), a oferta de soluções indiferenciadas (~75%) e a falta de ajuda na priorização das etapas da transformação (~70%).

“O nosso estudo mostra com clareza que a maioria das empresas está a ter desafios para obter resultados das suas transformações digitais e está a enfrentar desafios com os seus parceiros tecnológicos e fornecedores”, sublinha Sylvain Duranton, líder global da BCG X.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

two + 20 =