Universidade de Coimbra e Talkdesk retomam Academia de Data Science em modo remoto

Ilustração de Gerd Altmann em Pixabay

Depois de dois módulos e de impactar cerca de 30 profissionais, o TDX-UC Data Science Academy regressa agora em modo remoto. A iniciativa de promoção do ensino de Data Science, organizada pela Talkdesk em parceria com o Departamento de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra (DEI-UC), abriu as candidaturas para o 3.º módulo e dirige-se a pessoas com competências de estatística, programação em Python e machine learning. Os 15 candidatos selecionados começarão as aulas a 12 de outubro.

A área de Data Science tem recebido muita atenção no panorama tecnológico e empresarial pelo seu impacto no crescimento dos negócios e no desenvolvimento de novas tecnologias, contudo a escassez de profissionais tem condicionado o crescimento da especialidade. O TDX-UC Data Science Academy surge com o objetivo de colmatar essa lacuna no ensino, introduzindo formações em áreas como Processamento de Linguagem Natural (NLP), Behavioural Prediction e Deep Learning, esta última a lecionar no novo módulo.

Após uma pausa provocada pela pandemia, a iniciativa retoma a sua atividade, desta vez em modo remoto, o que, na perspetiva de João Coelho, diretor de talento do TDX (laboratório de inovação da Talkdesk), “é uma oportunidade para alargar o impacto deste programa. Nesta 1.ª edição do TDX-UC Data Science Academy, tivemos de adaptar o horário para pós-laboral para responder a pedidos de interessados que viram nesta iniciativa um recurso concreto para evoluírem nas suas carreiras.

O contexto atual, que apela a cuidados sanitários e de segurança específicos, a aposta num formato remoto afigura-se como a mais acertada. Estamos preparados, neste momento, para assumir a partilha eficiente de conhecimento neste formato. Temos, por este motivo, a ambição de alargar o alcance da iniciativa, mantendo a sua qualidade e a satisfação de todos os participantes, podendo chegar a ainda mais pessoas, com diferentes backgrounds e em diferentes geografias”.

O módulo sobre Deep Learning será composto por 80 horas, em horário pós-laboral, tendo uma duração total de quatro semanas, divididas em duas etapas distintas: duas semanas de contextualização aprofundada em torno dos conceitos e técnicas-chave dos vários domínios considerados, e duas semanas reservadas exclusivamente ao desenvolvimento e apresentação de um projeto individual, com acompanhamento por parte de um tutor do DEI-UC.

O programa contará ainda com mentores da equipa da Talkdesk, como Ben Rigby, vice-presidente de Inteligência Artificial, Jason Fama, vice-presidente de Engenharia, e Bruno Antunes, diretor de Engenharia. As candidaturas para o 3.º e último módulo desta edição estão abertas até dia 20 de setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

4 × 1 =