5 dicas financeiras para empreendedores que estão lançando sua startup

Poupanças
Foto: Pixabay

A diferença entre uma startup e um negócio bem-sucedido é, muitas vezes, alguns anos (ou mais!) de muito trabalho duro, com uma pitada de sorte e visão. Se você for um empresário, provavelmente já deve saber que a maioria das novas empresas falham.

Começar seu próprio negócio é estressante e exige muito do seu foco. Por outro lado, também pode ser uma experiência gratificante profissionalmente e pessoalmente.

Se você estiver pensando em lançar uma startup, eu tiro o meu chapéu porque não é fácil. Por isso, para melhorar as coisas, aqui estão cinco dicas financeiras para ajudá-lo a evitar alguns dos erros mais comuns cometidos pelos empreendedores ao iniciar um novo negócio.

Gerencie o seu fluxo de caixa

A maioria das startups falha por uma variedade de razões, mas a mais comum é por ficar sem dinheiro. Você precisa saber cada Real que entra e cada Real que sai. Sabemos que, no começo, nem sempre é possível contratar um bom serviço de contabilidade, o que torna ainda mais importante que você fique de olho nas despesas.

Se você não controlar o seu fluxo de caixa, você vai colocar seu negócio em uma posição muito arriscada. Não importa o quão boa seja sua ideia se você ficar sem dinheiro. Estabeleça um orçamento e fique com ele.

Limite suas despesas fixas no início

Nas etapas iniciais de uma startup, manter suas despesas baixas é a chave para a longevidade. Você não precisa de um grande escritório elaborado no centro da cidade.

Economize para que você possa alocar a maior parte do seu capital para o crescimento, o que permitirá que, no futuro, você possa ter um escritório bacana ou qualquer outra coisa que você desejar. Muitas startups se concentram nas coisas erradas e esquecem que a geração de receita deve ser sua principal prioridade.

Permaneça otimista, mas prepare-se para o pior

Você nunca sabe o que pode acontecer ao iniciar um negócio, então é melhor preparar-se para a pior situação possível. Não elimine sua principal fonte de renda até que sua empresa possa substituir essa renda.

Mantenha reservas em uma conta poupança de emergência. Não é possível estar sempre preparado ruins e, infelizmente, eles acontecem, muitas vezes quando você menos espera. Como empresário, você é responsável por sua aposentadoria, então, quando você começar a ganhar dinheiro, considere um fundo de previdência e alguns investimentos, mesmo que pequenos. Qualquer coisa é melhor que nada.

Foque na aquisição de clientes

Sem clientes, você não tem um negócio. Quanto mais cedo descobrir como adquirir clientes, maiores são as chances de sua empresa deslanchar. Depois de identificar diferentes canais de aquisição, trabalhe na otimização para reduzir seus custos.

É impossível testar todos os canais de aquisição possíveis, tanto em termos de tempo necessário quanto de custo, então concentre-se nas oportunidades mais lucrativas. Depois quando tiver a capacidade financeira para explorar outros canais, vá em frente

Estabeleça metas financeiras

Em vez de simplesmente dizer: “Quero construir uma empresa de vários milhões de dólares”, você precisa quebrar suas metas financeiras em objetivos alcançáveis e mensuráveis.

Objetivos mensais, semanais ou até mesmo diários de receita permitem que você fique no caminho certo e faça os ajustes necessários para um crescimento constante. Você pode até definir marcos para atingir o caminho, dando-lhe muitos objetivos menores para atingir constantemente. Derrubar pequenos objetivos pode dar-lhe a confiança necessária para manter a energia através da jornada empresarial.

Se você tiver dúvidas ou quiser deixar alguma sugestão, deixe um comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

thirteen + eight =