5 Perguntas que todos os empreendedores devem fazer a si mesmos

1. Estou a investir no meu desenvolvimento pessoal?nTer um negócio próprio pode ser um desafio em muitos sentidos, mas é-o sempre no sentido do desenvolvimento pessoal. Ao tornar-se empreendedor, terá de desenvolver aspetos da sua personalidade como a resiliência, a proatividade, a capacidade de liderança, entre tantos outros. Embarcar na aventura de empreender é uma oportunidade incomparável para crescer enquanto pessoa. Se não tem ainda um mentor ou um coach que o ajude, mantenha-se atento aos muitos livros que lhe podem servir de inspiração e conduzi-lo no caminho certo.

2.Estou a dormir horas suficientes?nMuitos empreendedores agem como se perder a saúde fosse um preço razoável a pagar pelo sucesso. Pense bem. A falta de sono pode produzir irritabilidade, dificuldades na concentração, problemas de memória e até alucinações, o que facilmente poderá prejudicar a tomada de decisões. Quer mesmo entregar as rédeas da sua empresa a uma pessoa que trabalha nesse estado?

3. Mantenho outros interesses para além do trabalho?nQuantos artigos já leu que afirmam que os empreendedores de sucesso trabalham pelo menos 14 ou 16 horas por dia? É verdade que em determinados períodos pode ser necessário alargar o horário de trabalho, mas não se esqueça que uma das grandes vantagens de ser responsável pelo seu negócio é poder gerir o seu próprio tempo e que as actividades de lazer devem ocupar cerca de 30% do nosso dia. Mesmo que trabalhar seja um prazer em determinadas ocasiões, não caia na tentação de estabelecer como regra um horário demasiado longo. Afinal, há todo um mundo lá fora cheio de experiências para viver!

4.Tenho as minhas finanças controladas?nO entusiasmo que sente em concretizar os seus projectos pode ser tão grande que não se importa de ‘perder dinheiro’ durante algum tempo. Se está disposto a prosseguir esse caminho, assegure-se de que o faz de forma inteligente. Construa um plano de negócios credível e consulte especialistas que possam aconselhá-lo na criação de um plano financeiro e respetivo controlo. Ser empreendedor é estar disposto a correr riscos, mas não riscos desnecessários.

5.Estou a manter a minha equipa produtiva e feliz?nA sua equipa é a rede que sustenta a sua posição de liderança. Sem ela, você cai. Mas com tantos afazeres na sua agenda, nem sempre é fácil dar a este assunto a atenção que merece. Certifique-se de que escolhe pessoas verdadeiramente empenhadas, conversando com elas, ouvindo-as e observando os seus comportamentos. Logo que sinta que um membro da equipa não está a corresponder, não hesite em conversar abertamente e veja o que pode ser feito de ambos os lados para melhorar a situação. Seja qual for o seu estilo de liderança, procure ser justo e nunca fazer o que não gostaria que lhe fizessem. Se há algo que possa mudar para beneficiar um membro da equipa, faça-o.

No entanto, também é preciso reconhecer os ‘erros de casting’. Nem sempre as pessoas que escolhemos acabam por ser as mais indicadas e é preciso saber ‘concordar em discordar’ e deixá-las seguir o seu caminho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

17 − 8 =