Abrir caminho à internacionalização

exportação
Foto: Pixabay

Conferência Portugal Exportador atrai a Lisboa as empresas e personalidades ligadas à internacionalização. Uma oportunidade para alargar a base exportadora nacional e gerar novas oportunidades de negócio.

O Portugal Exportador 2017 é maior evento nacional dedicado à internacionalização empresarial. A conferência decorre no dia 22 de novembro, no Centro de Congresso de Lisboa, e conta com as presenças do Presidente da República e do Ministro da Economia, assim como intervenções das mais importantes personalidades da Economia nacional e dos embaixadores da China, Canadá, Argentina, Chile e México.

Organizado pelo Novo Banco (antes BES) há doze anos consecutivos, o Portugal Exportador conta ainda com a parceria da Fundação AIP e da AICEP Portugal Global. O objetivo é facultar às empresas portuguesas a possibilidade de, num só dia e num único local, conhecer os instrumentos disponíveis de apoio à exportação e internacionalização e aceder a informação especializada por mercados, sectores e outros temas relacionados com a internacionalização.

“Este evento marca o calendário das empresas que pretendem atualizar e reforçar as suas competências de forma a potenciar a internacionalização dos seus negócios e diversificação de mercados, assim como das empresas que pretendem iniciar-se na exportação dos seus produtos ou serviços”, sublinha o comunicado do Novo Banco enviado às redações.

A edição deste ano, analisa 11 mercados com potencial interesse para os exportadores nacionais e ainda workshops onde se abordam temas e práticas específicas em diferentes áreas, com equipas de consultores especializados e representantes de embaixadas.

O evento pretende ainda dar a conhecer a experiência de internacionalização de empresas portuguesas, bem como os seus sucessos e fracassos. Os participantes terão ainda oportunidade de conhecer produtos e serviços que integram a carteira de exportações nacionais e identificar potenciais parceiros, estabelecendo ou reforçar contactos que possam potenciar estratégias para enfrentar a globalização.

1 COMENTÁRIO

  1. Boa tarde, trabalho para um Agrupamento de desenvolvimento da fronteira chamado AECT (Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial);
    Neste momento temos em andamento a criação do ModeloEstratégico Organizacional e-DOURO_EX.
    O Modelo Estratégico-Organizacional e-DOURO_EXP é a melhor ferramenta de gestão empresarial fundamentada na inovação dos enfoques estratégicos organizativos, com o objetivo de integrar e otimizar as capacidades produtivas das PMEs localizadas dentro do território do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Duero -Douro. Para todas as empresas do território objetivo, é absolutamente necessário a inovação em métodos organizativos, produtivos e em todas as dimensões da atividade económica que realizam. A sobrevivência destas empresas depende hoje mais do que nunca da adaptação à mudança e do aproveitamento das oportunidades de acesso aos mercados internacionais.
    Sendo este território completamente rural, este modelo organizacional seria conveniente e do agrado de todas as empresas envolvidas.

    Espero que no futuro possamos colaborar, nem que seja numa amena troca de ideias de maneira a conseguir desenvolver sinergias e tirar o melhor das capacidades de cada um.
    Rafael Familiar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

5 × three =