Andy Murray investe em startups através da Seedrs

O campeão de ténis volta a recorrer à plataforma online de equity crowdfunding para investir em três empresas britânicas. A carteira de investimento de Murray já conta com mais de 20 startups.

Murray, que se juntou ao Advisory Board da Seedrs em junho de 2015, investiu uma quantia não revelada nas empresas Den e Morpher e reforçou a sua presença no capital da Landbay, na qual já tinha investido anteriormente. Com estes investimentos, o portfolio do tenista britânico passa a contar com mais de 20 startups financiadas através da plataforma luso-britânica de equity crowdfunding.

A Den é uma startup que desenvolveu um sistema revolucionário de Smart Home que permite desligar os equipamentos elétricos através do smartphone. Até agora já captou mais de 2,2 milhões de libras junto de 1.200 investidores entrando em overfunding em 222%.

No caso da Morpher, a empresa que inventou um capacete desdobrável para ciclistas e já levantou quase 800 mil libras esterlinas através de mais de 500 investidores superando o objetivo de financiamento em 130%.

Já a Landbay, plataforma que permite financiar o sector privado britânico de arrendamento, conseguiu captar até agora 2,3 milhões de libras esterlinas numa ronda de financiamento privada para acionistas que entrou em overfunding em 157%.

‘Investir nestas startups que apresentam tecnologias e produtos inovadores que vão marcar o futuro permite-me continuar a construir e a diversificar o meu portfolio’, disse Andy Murray.

A Seedrs é uma das principais plataformas de equity crowdfunding em todo o mundo. Permite que indivíduos e instituições invistam a quantidade que desejarem em diferentes empresas com forte potencial de crescimento, através de um processo online simples. Permite, também, que empresas de qualquer sector e em diferentes fases de crescimento levantem investimento de uma forma prática e transparente.

A plataforma está aberta a investidores e empresas na Europa, sendo que aceita campanhas e investimento em euros e libras. Foi a primeira plataforma a nível mundial a ter a sua atividade autorizada e regulada, especificamente pela Financial Conduct Authority no Reino Unido, e recebeu autorização da entidade supervisora britânica para operar em qualquer país da União Europeia.

Com escritórios em Lisboa, Londres, Nova Iorque, Amsterdão e em Berlim, a Seedrs bateu vários recordes em 2016 e gerou investimentos superiores a 85 milhões de libras nas campanhas que decorreram ao longo do ano provenientes de 14 países. No ano passado foram financiadas quase 160 campanhas através da Seedrs por investidores de 65 países que, com 45 mil investimentos concretizados, contribuíram, em média, com 2.230 euros. Desde o arranque da sua atividade, em julho de 2012, foram financiados mais de 500 negócios através da Seedrs num montante total superior a 210 milhões de libras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

eleven − six =