Empresários Portugueses Consideram Urgentes as Reformas na Justiça e Administração Pública

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

O Barómetro KAIZEN de abril revela que as reformas estruturais na Justiça e na Administração Pública são consideradas prioritárias por mais da metade dos gestores inquiridos em Portugal. Além disso, 66% dos gestores consideram a escassez de mão-de-obra qualificada, a principal preocupação, uma vez que muitos jovens licenciados optam por emigrar, o que representa um desafio significativo para as empresas nacionais.

A confiança dos gestores na economia nacional parece estar em ascensão, registrando uma subida para 12,19 em comparação com a última edição do estudo (10,62), realizada em outubro de 2023. No entanto, as guerras e tensões geopolíticas são identificadas como a maior ameaça para a economia nacional, seguidas pela atração e retenção de talento e pela transformação tecnológica.

No campo político, avaliando a redução do IRC, proposta pela AD, os inquiridos afirmaram que pretendem utilizar este valor nas suas empresas, investindo em equipamentos ou tecnologia. Quanto ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), embora seja fundamental para impulsionar a recuperação económica e promover a resiliência do país, metade dos inquiridos confirmou que não está a fazer investimentos no âmbito do PRR.

A transformação digital e a sustentabilidade emergem como temas críticos para as operações empresariais. Embora mais da metade dos inquiridos admita que as suas organizações ainda estejam nas fases iniciais de exploração do potencial das tecnologias de IA, a eficiência energética e a adoção de fontes de energia renovável são consideradas essenciais por 66% dos empresários.

Para garantir o crescimento das empresas em 2024, os gestores apostam no aumento da produtividade, na melhoria da força de vendas e da experiência do cliente, bem como na tecnologia e inteligência artificial.

O Barómetro KAIZEN é um estudo semestral realizado pelo Kaizen Institute em Portugal, que recolhe a perspetiva de administradores e gestores de empresas sobre temas de atualidade, a evolução da economia e do seu negócio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

3 × 1 =