Católica-Lisbon entrega prémio Patient Inovation no Web Summit

O Patient Innovation é uma plataforma e rede social criada com o objetivo de promover a partilha de conhecimento, estratégias e soluções inovadoras desenvolvidas por doentes ou cuidadores para ultrapassar qualquer problema imposto por uma doença ou condição de saúde.

‘É com enorme prazer que representamos a Católica-Lisbon no evento Web Summit. O trabalho desenvolvido na Católica-Lisbon com o Patient Innovation tem merecido o reconhecimento internacional da comunidade científica, médica, bem como de doentes e cuidadores dos 5 continentes, contribuindo de forma muito expressiva para o desenvolvimento da inovação aplicada à saúde’, explica Francisco Veloso, Dean da Católica Lisbon.

São sete os projetos vencedores que se destacaram de entre mais de 650 soluções a concurso, oriundas de todo o mundo nas seguintes categorias:

  • ‘Doente’ – com a solução Ostom-I(TM) desenvolvida por Michael Seres, do Reino Unido, diagnosticado com doença de Crohn e que usa um saco de colostomia. A solução desenvolvida permite-lhe saber qual o estado de enchimento do saco, o que se reveste da maior importância para estes utilizadores;
  • b>’Doente Inovador em Série’ – Com o site LaesieWorks, criado por Giesbert Nijhuis , da Holanda, onde são partilhadas diversas soluções que o próprio produz para ter mais independência e melhor qualidade de vida, na sua condição de tetraplégico; Giesbert foi reconhecido por criar e partilhar três soluções que o ajudam em situações distintas do seu quotidiano;
  • ‘Cuidador’ – Com a distinção de três projetos, designadamente um videojogo para doentes com Fibrose Cística que favorece e facilita a interação e envolvimento do doente/utilizador com a terapia, e que foi desenvolvido por David Day do Reino Unido; a solução tecnológica de monitorização – Angelsense – projetada para crianças com necessidades especiais, tais como Síndrome de Asperger e Autismo, e que foi desenvolvida por Doron Somer, de Israel; e a solução Safewander(TM) que deteta os movimentos de doentes com Alzheimer e que foi criada pelo jovem Kenneth Shinozuka, dos EUA, para o seu avô;
  • ‘Colaborador’ – Com as soluções Walking Talking Stick, que visa auxiliar as pessoas com cegueira a movimentarem-se em ambientes desconhecidos, e cujo criador é Pavel Kurbatsky, da Rússia; e as rodas dobráveis para cadeira de rodas – Morph(TM) Wheels – desenvolvidas pelo designer Duncan Fitzsimons do Reino Unido.

    Os projetos foram avaliados por um júri internacional que integra reconhecidos especialistas das áreas de investigação, inovação, empreendedorismo e saúde, sendo que dois elementos são detentores de um prémio Nobel. A seleção dos vencedores foi feita tendo em conta as características de inovação, o potencial e impacto social da solução desenvolvida.

    A cerimónia de entrega de prémios, a terá lugar dia 10 de novembro, às 14h50, vai contar com a presença dos laureados e de vários speakers: Francisco Veloso, Dean da Católica Lisbon School of Business and Economics, Pedro Oliveira, líder do Patient Innovation e professor da Católica Lisbon, Helena Canhão, líder do Patient Innovation, médica e professora na Universidade Nova de Lisboa, Joyce Lee, médica e professora na University of Michigan, Manuel Heitor, professor e ministro da Ciência e Tecnologia, entre outros.

    O Patient Innovation vai também organizar o Patient Innovation Awards Forum, na Católica Lisbon, no dia 9 de novembro, às 18h00. Este vai ser um evento aberto à comunidade que conta com a presença de vários oradores do Web Summit, onde os vencedores vão apresentar, de uma forma mais aberta e aprofundada, as suas histórias e das suas soluções inovadoras.

  • DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor escreva o seu comentário!
    Por favor coloque o seu nome aqui

    17 + 16 =