Coopérnico assinala 9 anos de investimento em energia verde

Na foto: cooperantes na 18ª Assembleia-Geral

A cooperativa para as energias renováveis Coopérnico assinalou 9 anos de existência. Ao longo desse período, a organização, que tem como objetivo envolver os cidadãos e empresas na criação do novo paradigma energético, atraiu cerca de dois milhões de euros de investimentos em projetos sustentáveis.

O projeto nasceu de 16 cidadãos que tinham um objetivo em comum: investir pequenas quantias de dinheiro em energias renováveis, para descarbonizar Portugal e envolver as pessoas na transição energética. A Coopérnico, entretanto, cresceu e tornou-se na primeira cooperativa de energias renováveis portuguesa, sendo até hoje a única empresa que produz energia renovável e partilha os seus lucros com os cidadãos que nela investem.

“Quando começámos esta caminhada, o conceito não existia em Portugal. Hoje estamos cada vez mais próximos desta visão de comunidades onde os cidadãos, empresas, municípios se juntam, discutem, investem, partilham e utilizam a sua própria energia” diz Nuno Brito Jorge, fundador e presidente da Coopérnico.

Com mais de 2265 membros e 1,85M€ investidos em 33 sistemas fotovoltaicos instalados por Portugal Continental, os membros da cooperativa são donos da sua própria energia e produzem o equivalente ao consumo de 900 famílias portuguesas.

“Precisamos de cidadãos a bordo, políticos visionários e alinhados com esta mudança, de operadores abertos à construção de outro sistema energético onde os cidadãos são parte integrante, participando em sistemas de flexibilidade e de partilha de energia entre todos, construindo a sua comunidade e a vendo a fatura de energia da sua comunidade a baixar” diz Ana Rita Antunes, coordenadora executiva da Coopérnico.

Os responsáveis da cooperativa consideram que a transição energética é uma oportunidade única à escala nacional, europeia e global, para dar a possibilidade aos cidadãos de produzirem a sua energia e terem também uma palavra ativa no sistema energético que se está a construir para o futuro. Para o futuro, a Coopérnico quer continuar a contribuir para um movimento que está a acelerar a transição energética apostando na sustentabilidade ambiental e social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

five + 2 =