dstsolar Vence Concurso Público para Projeto de Energia Solar Flutuante

Na foto: Central fotovoltaica flutuante (dstsolar)

A dstsolar, empresa do dstgroup especializada em energia solar, venceu o concurso público EDIA Flutuante, ficando responsável pela construção de uma empreitada de energia solar flutuante em cinco albufeiras diferentes. Este novo projeto representa um valor de negócio de cerca de 4 milhões de euros e segue um modelo semelhante ao implementado pela empresa em 2020 no Reservatório de Cuba Este.

As cinco albufeiras incluídas no projeto são: Reservatório de Ferreira, Reservatório 4 Monte Novo, Barragem do Penedrão, Barragem de Pias e Barragem das Almeidas. Com a instalação de 7864 módulos fotovoltaicos, estima-se que as novas centrais fotovoltaicas produzam anualmente 7,9 gigawatts-hora de energia, evitando a emissão de 1455 toneladas de dióxido de carbono para a atmosfera.

A obra, que será concluída em 11 meses, terá uma potência instalada de 4 521,8 kWp e uma produção anual de 7 907 892 kWh. De acordo com Raúl Cunha, diretor geral da dstsolar, “este novo projeto de solar fotovoltaico flutuante reforça o papel da dstsolar como uma empresa de referência na energia solar em Portugal, atestando a qualidade e o rigor do nosso trabalho”.

Além dos benefícios ambientais, a operação contribuirá para a redução da incidência da luz nos reservatórios, limitando o crescimento de algas e melhorando a qualidade da água. A cobertura dos reservatórios também ajudará a reduzir a evaporação, resultando em menores custos operacionais na distribuição de água.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

18 + nine =