Ir de férias e não pensar no trabalho

Imagem de Messan Edoh por Pixabay

As férias de Verão são o período mais aguardado do ano. Queremos sol e vitamina D, colocar a leitura e as séries em dia, descansar e estar com família e amigos. No entanto, quando finalmente chegam os tempos de descanso, a maioria dos colaboradores não consegue desconectar-se por completo do que se passa no local de trabalho.

Perceba como pode e deve focar-se nas férias, durante o seu decorrer (e como isso até contribui para um melhor desempenho no emprego quando for tempo de voltar!)

  1. Se nas férias estiver concentrado nas férias, quando voltar para o trabalho poderá focar-se no trabalho porque descansou e estará de energias recarregadas para voltar à rotina do emprego. Estará mais disponível para as suas funções, mais energético e, possivelmente, conseguirá fazer uma melhor gestão do stress.
  2. Confie na sua equipa! O seu trabalho pode ser delegado para os elementos que trabalham consigo diariamente e que conhecem os meios e métodos habituais. Se surgir algum assunto urgente, a sua equipa saberá dar resposta.
  3. Confie em si. Deixou o seu trabalho organizado para ir de férias? Então não precisa de se preocupar com assuntos, supostamente, pendentes. Se era importante, com certeza que se lembrou e tratou antes de sair.
  4. “Se quero progredir na carreira não posso tirar férias!” Não é verdade. Do mesmo modo que trabalhar mais horas nem sempre é sinónimo de maior produtividade. Descansar o suficiente aumenta a sua capacidade de concentração, direccionando-o para trabalho mais produtivo e deixando-o mais paciente e compreensivo. Isto ajuda a evitar erros e a tomar decisões orientadas para os resultados. Do mesmo modo que as pausas para férias permitem uma revitalização. Não subestime o tempo de descanso.
  5. Deixe o computador do trabalho, no trabalho. Esconda o telemóvel e não aceda ao e-mail. Não tente sabotar as suas próprias férias levando todos os gadgets que costuma utilizar no trabalho ou que lhe permitem ter acesso às questões laborais. Se não os tiver consigo, não cairá em tentação.

Perceba que ao não distinguir tempo de trabalho e tempo de férias está a impedir o seu descanso e com isso a prejudicar as suas capacidades enquanto colaborador. Permita-se descansar e repare como isso se torna valorativo para o seu perfil profissional, agora mais focado, produtivo e até mais feliz. Separe os tempos e perceba que o seu tempo de férias, desconectado do trabalho, terá maior contributo quando voltar do que as tarefas que vai realizando sem necessidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

nine − 3 =