O EIT Health InnoStars premiou três consórcios de saúde em Portugal

Foto: EIT Health Portugal

O EIT Health RIS Innovation Call escolheu três projetos portugueses para o programa de aceleração de 2020. A iniciativa orientada para apoiar projetos de saúde inovadores e promissores, desenvolvidos em regiões periféricas da Europa distinguiu 15 consórcios com soluções para a saúde, em oito países europeus.

O EIT Health InnoStars é um programa de apoio à inovação na área da saúde instituído pela EIT Health, uma organização europeia que reúne universidades, empresas, centros de investigação e hospitais, com o objetivo de apoiar projetos locais inovadores e promissores no campo das inovações em saúde provenientes de regiões emergentes da UE.

Na edição deste ano foram escolhidos 15 projetos, de várias regiões da Europa, cada um receberá até 75.000 Euros, em 2020, para o desenvolvimento dos seus produtos ou soluções inovadoras, mas também para orientação e acesso à rede dos principais players da EIT na área da saúde. Este ano, Portugal foi um dos países mais bem-sucedidos no concurso, com 3 projetos distinguidos.

“O nosso objetivo é estimular o desenvolvimento de inovações na área da saúde na nossa região. Trabalhamos constantemente na procura de novos talentos e convidamo-los a aproveitar as oportunidades oferecidas pelo EIT Health. Desta forma, conseguem obter não só o melhor aconselhamento, treino e financiamento da categoria, como o apoio necessário para a sua inovação, fomentando igualmente o crescimento da região”, referiu Elísio Costa, Coordenador do EIT Health Hub Universidade do Porto.

“É mais do que dar financiamento. Identificamos e aprimoramos os melhores investigadores locais para a construção de consórcios, envolvendo outros participantes de negócios ou academias. Numa perspetiva de longo prazo, através desta oportunidade, eles podem atingir um nível de maturidade que lhes permita monetizar a sua inovação ou ampliar seus negócios” sublinhou Mónika Tóth, Manager do programa do EIT Health InnoStars RIS.

Os projetos portugueses premiados foram:

  • LIBRA – plataforma digital para promover e sustentar comportamentos saudáveis na obesidade pela Promptly Health, uma spin-off da Universidade do Porto e Centro Hospitalar Universitário de São João com apoio adicional da Universidade do Porto;
  • FRADE – Plataforma para deteção de quedas, avaliação e prevenção de riscos de quedas pela Associação Fraunhofer Portugal Research e pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, com apoio adicional da Universidade do Porto;
  • ADHERENCE – Adesão ao tratamento da hipertensão e auto monitorização da pressão arterial recorrendo à câmara do smartphone e processamento avançado de imagem por CINTESIS e MEDIDA, uma spin-off da Universidade do Porto com apoio da Universidade do Porto.

Entre os restantes premiados, a maioria está envolvida em projetos de desenvolvimento de soluções de assistência médica, como adesivos para tratamento da psoríase, ou sistemas de cultura em 3D para hepatócitos primários. Por outro lado, quase 40% dos consórcios premiados concentram-se em big data, soluções em cloud, aplicações e plataformas móveis.

Em 2020, a Roménia (4), Portugal (3), Itália (2) e Eslovénia (2) terminaram entre os países de maior sucesso em termos de consórcios premiados. Outros projetos apoiados são os da Croácia, República Checa, Letónia e Lituânia. Este foi também o segundo ano em que a Roménia e a Eslovénia ganharam a distinção de “Melhor Qualidade” dos projetos de inovação em saúde no EIT Health RIS Innovation Call.

Os projetos apoiados, que serão concluídos até o final de 2020, focam-se em:

  • Mecanismo de inteligência artificial orientado para a descoberta de drogas em estágio inicial (Letónia);
  • Serviços de software Big Data para suporte em medicina de precisão (Itália);
  • Sistema robótico inovador para tratamento do cancro (Roménia);
  • Sistema de diagnóstico e acompanhamento baseado em algoritmos de inteligência artificial e análise de imagens de ultrassom transtorácico para doenças pulmonares difusas (Roménia);
  • Controle remoto de terapia em pacientes com insuficiência cardíaca crónica (Eslovénia);
  • Adesivos para tratamento da psoríase (Lituânia);
  • Plataforma digital para promover e sustentar comportamentos saudáveis ​​na obesidade (Portugal);
  • Fortalecimento intergeracional de jogos de cartas (Eslovénia);
  • Dispositivo para monitorização e controle de emoções em crianças diagnosticadas com TDAH (Roménia);
  • Plataforma pervasiva para deteção de quedas, avaliação e prevenção de riscos de quedas (Portugal);
  • Sistema ativo de cultura de células 3D para hepatócitos primários (República Checa);
  • Adesão ao tratamento da hipertensão e automonitorização da pressão arterial utilizando a câmara do smartphone e processamento avançado de imagem (Portugal);
  • Navegação virtual em 3D, que integra câmara de alta resolução com sistemas de imagens médicas com controle real “no ar” das mãos do cirurgião (Croácia);
  • Protótipo de scanner periodontal de ultrassom 3D de mão livre utilizando técnicas de segmentação de redes neurais bidimensionais (Roménia);
  • Dosímetro FGD – um dosímetro rápido e preciso para melhorar as terapias contra o cancro realizadas com radiação (Itália).

Os projetos serão desenvolvidos em colaboração com os EIT Health Hubs, organizações locais que apoiam o desenvolvimento de ecossistemas regionais: na Roménia, Universidade do Porto em Portugal, Ljubljana University Incubator na Eslovénia, Consorzio Arca em Itália, Universidade de Zagreb na Croácia, Centro de Inovação DEX na República Checa, Riga Stradins University na Letónia e Universidade Lituana de Ciências da Saúde.

O EIT Health é uma organização sem fins lucrativos e uma das maiores parcerias público-privadas da Europa no campo da inovação em saúde. Composto por aproximadamente 150 parceiros, compõe uma rede europeia exclusiva das principais empresas, universidades, centros de pesquisa e desenvolvimento, além de hospitais e institutos com o objetivo de construir um ecossistema que permita o desenvolvimento de cuidados de saúde para o futuro, investindo nos melhores talentos da Europa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

three × one =