Programa Triggers abre candidaturas para desafios na área ambiental

Foto de Ali Pazani em Pexels

O Triggers, programa de aceleração para projetos ambientais da Casa do Impacto, arranca com a segunda edição no final do primeiro trimestre de 2023 e é pela primeira vez apoiada por uma autarquia – a Câmara Municipal de Cascais. A parceria com a autarquia permite aos empreendedores testar e explorar as soluções in loco.

O programa de aceleração promovido pela Casa do Impacto, o hub de empreendedorismo da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), pretende estimular a geração de novas ideias de impacto ambiental e a sua transformação em soluções tecnicamente viáveis e financeiramente sustentáveis.

Com foco em procurar soluções que respondam aos desafios da Desflorestação, Mudanças climáticas, Poluição, Degradação dos Solos, Gestão de resíduos, Extinção de Espécies (animal e vegetal), e Mobilidade Urbana, o programa Triggers, nesta segunda edição, vai premitir testar as soluções apresentadas utilizando a infraestrutura do município de Cascais, quer seja no espaço urvano, floresta ou oceano, transformando o concelho num “território-laboratório”.

“Continuamos a trabalhar para posicionar Portugal como referência europeia para o impacto ambiental e social, e vamos continuar a apoiar através da incubação, aceleração e investimento nas novas ideias e nos empreendedores para conseguirmos levar as soluções inovadoras aos mais diversos territórios. Hoje, começamos aqui bem perto a explorar estes modelos, em Cascais”, diz Inês Sequeira, diretora da Casa do Impacto.

“As startups de impacto estão a ensaiar as soluções mais ágeis, inovadoras e tecnológicas para problemas ambientais e sociais. Para a Câmara Municipal de Cascais, o “Triggers” significa a abertura e aproximação do nosso território, que se quer um território de experimentação e colaboração, ao ecossistema de impacto ambiental e às suas novas soluções”, sublinha explica Joana Balsemão, Vereadora da Câmara Municipal de Cascais.

“Cascais é um território com inovação, tecnologia e muita humanização. Em parceria com a Casa do Impacto, queremos cocriar e apoiar o setor do empreendedorismo de impacto no desenvolvimento e teste das suas ideias em ambiente real, com o objetivo de acelerar a transição verde e justa. Acreditamos que daí sairão benefícios ambientais, económicos e sociais para todos. Para este ano, definimos como prioridades a economia circular, a economia do mar e a agricultura urbana regenerativa”, explica a Vereadora de Cascais.

No âmbito do programa serão selecionadas 30 equipas para a fase de Bootcamp e, no final deste período, 10 projetos passam à fase de Aceleração, que vai decorrer ao longo de três meses com o objetivo de potenciar o modelo de negócio e a sustentabilidade dos projetos. Os vencedores recebem prémios no valor total de 30 mil euros e a apresentação a potenciais investidores.

O Triggers, tem candidaturas abertas até ao dia 5 de março de 2023 para empreendedores e equipas que tenham know-how e ambição de empreender no setor do impacto e sustentabilidade ambiental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

two × one =