Quando empreender é tramado

A maioria dos empreendedores não cria um projeto bem-sucedido logo à primeira tentativa. O sucesso vem depois de muita experimentação e, claro, de uma dose certa de erros.

O Fuckup Nights é o evento onde as histórias de fracasso ensinam o caminho para o sucesso. A próxima sessão está marcada para 21 de Março, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa, partir das 19h.

O conceito nasceu no México, há três anos, e espalhou-se pelo mundo com o objetivo de analisar os fatores que estão por trás do fracasso e partilhar as lições aprendidas. O Fuckup Nights pretende criar uma cultura de aceitação do fracasso, falando dele abertamente, para que todos possam beneficiar das lições que dele se podem retirar.

‘Esta é uma das características das Fuckup Nights: falamos sem pudor. Gostamos de chamar as coisas pelos nomes e apresentar o outro lado do empreendedorismo que se denomina fracasso’ explica Sofia Ferreira Simões, da Smart Launch, a organizadora em Portugal do evento Fuckup Nights.

Cada sessão tem normalmente três ou quatro oradores convidados que contam a sua história, particularmente o que correu mal, sublinhando o que aprenderam com o insucesso e o que fariam hoje de forma diferente. ‘O grande problema não é o percurso, é quando nos perdemos, desorientamos e nem cortamos a meta. Estas são as ideias que, apesar de vingarem, não resultam em negócios bem-sucedidos’, salienta Sofia Ferreira Simões.

nome
n
‘O grande problema não é o percurso, mas quando nos perdemos e nem cortamos a meta’

Da ideia de negócio até à sua concretização o caminho é longo e atribulado, conta a organizadora do evento, comparando o percurso do empreendedor às maratonas mais duras do planeta. Como em todas as provas extremas de atletismo, há quem não termine, mas também mesmo o que foram os primeiros a cruzar a meta, provavelmente falharam em tentativas anteriores.

‘A bagagem que levamos connosco com a aprendizagem do fracasso é o que mais importa. Essa mochila – que parece gigante – pode transformar-se num canivete suíço com tantas utilidades quanto nos permita a nossa imaginação’, destaca Sofia. ‘Levamos até vocês a experiência daqueles que já passaram por este processo’, conclui.

Os participantes na 3ª edição das Fuckup Nights vão conhecer as histórias do João Pedro Montes [Wine With Spirit], do Ricardo Fortes da Costa [Cap Gemini] e da Teresa Marta [Academia da Coragem]. Três empreendedores que conhecem bem os instrumentos ‘anti-fracasso’ depois de terem tropeçado algumas vezes pelo caminho. Eles vão falar sobre os sinais de alerta que ignoraram e partilhar os momentos que, agora à distância, se tornam divertidos. O público é convidado a participar ativamente e fazer perguntas.

  • O João queria unir a agricultura e tecnologia. Cinco anos depois, conseguiu revolucionar o sector com um projeto que associa a produção agrícola à comunicação e distribuição, mas não foi um percurso sem pedras – logo de início o João esteve 8 meses com a produção parada e sem faturar.
  • O Ricardo iniciou carreira no mundo corporate até que ‘as fusões e confusões da vida’ lhe terem despertado a vontade de ser empreendedor. Apesar de um começo com erros, o Ricardo conseguiu encontrar o seu ‘oceano azul’.
  • A Teresa iniciou carreira na Unicre mas a falta de tempo para si e para os seus lançou-a num caminho atribulado de empreendedorismo. Após 3 tentativas falhadas, acabou por lançar a Academia da Coragem, onde a Teresa ajuda outros empreendedores a superar um dos maiores desafios à concretização do sucesso: o medo.

    A sessão está marcada para 21 de Março, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa, partir das 19h. A participação é gratuita mas sujeita a pré-registo.

  • COMPARTILHAR
    Artigo anteriorLisboa recebe o Hackathon da ONU
    Próximo artigo10 Soft Skills a desenvolver até 2020
    Avatar
    O Empreendedor é um projecto de empreendedorismo colaborativo que pretende desenvolver e testar novas formas de cooperação entre indivíduos e organizações ligadas ao empreendedorismo.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor escreva o seu comentário!
    Por favor coloque o seu nome aqui

    six − 5 =