South Summit Madrid: Startups portuguesas vão competir pelo projeto mais inovador do mundo

Foto de South Summit Madrid

Dreamshaper e Preflet irão competir na 11ª edição da South Summit Madrid juntamente com 98 startups de 21 países diferentes. O maior encontro de inovação da capital espanhola acontece entre 7 e 9 de junho com o lema “Today 2030” e contará também com a presença de oradores de renome portugueses, reforçando a presença do ecossistema de inovação nacional no evento.

A South Summit Madrid 2023, evento coorganizado pela IE University e com o apoio de parceiros globais e nacionais como a Startup Portugal e a Aicep, acaba de anunciar os 100 finalistas do seu “Concurso Startup”, que este ano bateu o seu recorde de participação. Entre os finalistas provenientes de 21 países e setores diferentes, encontram-se duas startups portuguesas que foram selecionadas com base no seu grau de inovação, na sua capacidade e potencial de escalar e crescer e na sua atratividade para os investidores.

A DreamShaper é uma das finalistas no setor da educação. Fundada por Pedro Queiró, João Pedro Borges e Miguel Queimado em 2013, esta startup desenvolveu uma ferramenta online de aprendizagem baseada em projeto que guia os alunos por experiências mais práticas e motivadoras. Atualmente, apoia instituições de ensino em mais de 20 países.

Por sua vez, a Preflet está entre os selecionados na vertical de sustentabilidade e ESG. Foi fundada em 2019 por Shailendra Tomar, Francesca Rubbiani, Mexson Fernandes e Jorge Mendes e oferece uma plataforma baseada em Inteligência Artificial para melhorar a eficiência energética dos edifícios, reduzindo o consumo e reduzindo custos e pegada de carbono.

Durante a South Summit, as duas startups portuguesas terão a oportunidade de fazer um pitch aos players mais relevantes do ecossistema espanhol, incluindo grandes empresas e fundos de investimento.

Além desta representação na competição de startups, o programa da 11ª edição da cimeira também contará com vários oradores nacionais para analisar os principais temas do mundo da inovação. Sob o lema “Today 2030”, caras conhecidas do ecossistema português, juntamente com oradores internacionais, irão dar a conhecer e analisar as inovações que devem ser aplicadas para alcançar os objetivos de sustentabilidade da agenda 2030. Entre eles está Ricardo Marvão, cofundador da consultora de inovação colaborativa Beta-i, Cristina Fonseca, General Partner da Indico Capital Partners, António Dias Martins, Diretor Executivo da Startup Portugal, Euclides Major, Diretor Executivo da Nova School of Business and Economics, Tomás Penaguião, Partner da Bynd Venture Capital, e Rodolfo Condessa, Principal da Armilar Ventures.

Foto de South Summit Madrid

De acordo com María Benjumea, presidente e fundadora da South Summit, “Portugal é um país que está cada vez mais empenhado na inovação, por isso queremos continuar a aproximar os dois países vizinhos e contribuir para a construção de um ecossistema ibérico forte. Isto significa atrair e captar cada vez mais empreendedores portugueses que estejam a criar soluções verdadeiramente disruptivas e continuar a fortalecer a nossa relação com incubadoras, aceleradoras e investidores locais.”

O conteúdo da 11ª edição da South Summit será dividido em doze verticais: Climate Tech, Nurturing Economy, Data & Digitisation, Innovation & Ecosystem, Future of Monye, Industry 5.0, Humanity, Energy Transition, Agritech & Food, Health e Sportstech. Contará também com personalidades de renome internacional no mundo do empreendedorismo, como Andrew Winston, diretor da Winston Eco-Strategies, e Jenny Fielding, cofundadora do The Fund VC.

Nas últimas dez edições participaram mais de 32.000 startups de 175 países diferentes, que geraram, cumulativamente, mais de 10.190 milhões de euros em receitas e quase 48.000 empregos. Por sua vez, segundo o relatório “A contribuição socioeconómica da South Summit em Espanha”, elaborado pela PwC, a cimeira espanhola já contribuiu para que as startups finalistas das suas dez edições gerassem um investimento de 10.167 milhões de dólares. No próximo ano, avançará com a sua expansão internacional para a Ásia e os Estados Unidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

7 − two =