Stuart Russell encerra Ciclo de conferências Fidelidade-Culturgest

Foto: Website Culturgest

Stuart Russell, um dos mais importantes investigadores mundiais em Inteligência Artificial e uma das principais autoridades em robótica e bioinformática, vai participar no encerramento do ciclo de conferências Fidelidade-Culturgest dedicada à Inteligência Artificial (IA) que decorre quarta-feira, 5 de junho, no Grande Auditório da Culturgest, em Lisboa.

A conferência “IA: Humano Compatível”, de Stuart Russell está agendada para as 18:30 e tem entrada gratuita. Professor de Engenharia Eletrotécnica e Ciências da Computação na UC-Berkeley e Professor Adjunto de Neurocirurgia da Universidade da Califórnia, em São Francisco, Stuart Russell vem a Lisboa falar sobre os perigos, as contribuições e as mudanças que a inteligência artificial poderá causar na sociedade.

Segundo o especialista norte-americano, muito em breve, as máquinas artificialmente inteligentes estarão a fazer coisas que mal podemos agora conceber, em praticamente todas as áreas de negócios, vida e cultura humanas. Se a IA é o cérebro da máquina do futuro, o robô é o seu corpo. Os robôs estão a assumir cada vez mais funções que antes exigiam um ator humano, com consequências de longo alcance – e oportunidades – para pessoas, negócios e sociedade como um todo.

O ciclo de conferências começa às 16:00, com o debate “IA: Especulações”, sobre o futuro de como os humanos trabalham, vivem e comunicam uns com os outros, como estão a ser pensados modos de promover um comportamento social benéfico entre máquina e humano, para além da sua dimensão mais utilitarista.

No debate, moderado por Tiago Domingos, participam Ana Paiva (professora catedrática de Engenharia Informática do IST – Instituto Superior Técnico e coordenadora de investigação em IA e Agentes Autónomos do INESC-ID: Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Investigação e Desenvolvimento em Lisboa), André Martins (investigador na Unbabel, professor convidado de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores no IST) e Arlindo Oliveira (Professor catedrático de Engenharia Informática e Presidente do IST).

O objetivo é discutir o mundo da inteligência artificial a médio e longo prazo e o potencial de desenvolvimento das tecnologias com a ambição de reproduzir a inteligência e a linguagem humana em suportes digitais, o seu possível papel na futura expansão da humanidade para outros sistemas solares, assim como possíveis cenários que poderão levar a dois extremos: da expansão da inteligência humana até à extinção da humanidade.

A conferência e debate são de entrada gratuita, sujeita à lotação da sala. A conferência é falada em inglês, com tradução simultânea para português e sem live streaming e vídeo. Já o debate é falado em inglês e português e transmitido em live streaming no site, Facebook e YoutTube da Culturgest.

Este ciclo, que agora termina, resulta de uma parceria entre a Culturgest e a Fidelidade dedicado ao tema da Inteligência Artificial, realizado entre 17 de abril e 5 de junho, e contou com a participação de especialistas nesta matéria tanto nacionais como internacionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

15 − seven =