SWitCH QA: A pós-graduação para formar Quality Assurance Testers

Imagem de Gerd Altmann em Pixabay

SWitCH QA é o primeiro programa nacional de requalificação para Quality Assurance Testers vem facilitar a entrada em Tecnologia. A pós-graduação ministrada pelo Porto Tech Hub, em parceria com o Instituto Superior de Engenharia do Porto, tem a duração de 9 meses em regime pós-laboral. São 27 as vagas disponíveis para o curso e que podem ser preenchidas até dia 15 de janeiro.

O setor tecnológico tem vivenciado um crescimento exponencial, nomeadamente em Portugal, que vem potenciar uma maior procura por profissionais não só direcionados à criação de programas e aplicações, mas também de especialistas dedicados a testá-los, de forma a assegurarem a qualidade destes produtos tecnológicos e a sua operacionalidade. Estes perfis são denominados de Quality Assurance Testers, e face à sua crescente procura e diminuta oferta no mercado das TIC, a Porto Tech Hub, em colaboração com o Instituto Superior de Engenharia do Porto, lança a primeira pós-graduação em Portugal dedicada a formar estes profissionais.

O curso SWitCH QA tem 27 vagas e a formação é pensada para todos os que querem mudar de área e integrar um setor que oferece possibilidades de progressão. O curso é também uma mais-valia para os profissionais que se encontram atualmente a trabalhar com testes manuais de software, permitindo-lhes um upgrade das suas competências e conhecimentos, bem como passarem a realizar testes de forma automatizada.

Não existe assim qualquer restrição sobre a área de formação prévia do candidato ou a sua experiência profissional anterior, tendo apenas de ter um nível completo de licenciatura. Para que mesmo pessoas que estejam atualmente a trabalhar possam promover a sua requalificação, o curso é realizado em formato pós-laboral e tem a duração de 32 semanas, contando após o término com a certificação de pós-graduação atribuída pelo ISEP. A isto, junta-se ainda a possibilidade de os alunos realizarem um estágio remunerado, numa das empresas associadas da Porto Tech Hub.

“Apesar de ser hoje uma função com extrema procura no setor tecnológico, os Quality Assurance Testers são ainda profissionais, na sua maioria, sem formação específica e conhecimento aprofundado sobre o que realmente o mercado procura. Em Portugal, estamos ainda atrás do que se pode fazer na vertente de testes do setor tecnológico, tão importante para a evolução e desenvolvimento de produtos de qualidade, ao ser esta ainda muito baseada em sistemas de análise manuais e com maior exposição ao erro humano. É precisamente isto que queremos mudar, dando, através do SWitCH QA, a possibilidade a novas pessoas de ingressarem numa das carreiras com maior perspetiva de futuro e tornarem-se profissionais qualificados e preparados para inovar num setor em constante mudança”, explica Luís Silva, presidente da Porto Tech Hub.

Ao longo do curso, os alunos aprendem as bases da programação e contam com unidades curriculares como Desenvolvimento de Software e Testes, fazendo um projeto no final de cada módulo. Deste modo, o programa apresenta ainda de forma global o que é a área da tecnologia e como podem os alunos fazer testes mais completos e automatizados, face aos que são realizados atualmente no mercado.

O SWitCH QA surge após os resultados positivos de várias edições do SWitCH Dev, direcionado à formação de Software Developers e que já permitiu a entrada no mercado tecnológico a mais de 200 profissionais. Para todos os interessados em ingressarem no novo programa de requalificação tecnológica, podem conhecer toda a informação sobre a iniciativa e realizarem a sua candidatura através do site da Porto Tech Hub.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

six + 16 =