Virtual Summit para combater o vírus

Imagem de Mohamed Hassan por Pixabay

Singularity University junta especialistas internacionais numa summit virtual gratuita, dedicada ao coronavírus. O evento virtual junta especialistas em áreas como a saúde pública, medicina, tecnologia e impacto social para encontrar soluções para combater a pandemia viral. A participação é gratuita e está aberta à sociedade civil.

A COVID-19: The State & Future of Pandemics decorre de 16 até 18 de março, em ambiente digital. A summit virtual desenhada pela Singularity University junta especialistas internacionais para debater factos científicos sobre a pandemia do novo coronavírus, antever as repercussões que terá em termos globais, bem como discutir soluções que possam ser criadas para ter um impacto positivo neste contexto.

Criada com o propósito de promover a cooperação e a partilha de conhecimento entre vários setores e alargar os horizontes de indivíduos e organizações para que, em momentos de crise, sejam capazes de utilizar tecnologias emergentes para encontrar soluções de forma ágil, a Singulartiy University convida a sociedade civil a juntar-se ao debate e expor as suas dúvidas. Para lhes responder, estarão disponíveis cientistas, empreendedores e investigadores que fazem parte da comunidade SingularityU em todo o mundo, incluindo Sabine Seymour, expert em IoT, Sensors & Data, da SingularityU Portugal.

Carla Silva, diretora de Comunicação e Operações da SingularityU Portugal, explica: “A Singularity University tem o privilégio de ter acesso a especialistas de todo o mundo e poder reuni-los num evento aberto é, sem dúvida, uma mais-valia para todos num momento tão particular como o que vivemos. Queremos humanizar o que está a acontecer, comunicar de forma credível e esclarecedora a informação científica que já está disponível sobre esta pandemia e responder às dúvidas concretas que os participantes possam ter”.

Em cima da mesa estarão temas como “Perspectives from Responding to Other Outbreaks including SARS, Monkeypox, and Influenza”, “The Future of Safe Living in Self-Reliant Neighborhoods”, “Crisis Mode Education: How to Make the Most of Learning in a Global Pandemic”, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

twelve − 9 =