Alexandra Pardal: “Para ser empreendedor é preciso não desanimar”

O Projeto Exchange apoia a divulgação de histórias de mulheres que venceram obstáculos e conseguiram tornar-se empreendedoras.

O exchange teve o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e resultou de uma parceria entre a Plataforma para a Educação do Empreendedorismo em Portugal (PEEP) e a Bagabaga Studios e o resultado desse projeto é agora exposto online num conjunto de testemunhos de mulheres que conseguiram ‘dar a volta’ tornando-se empresárias.nParte desse trabalho fica revelado nos testemunhos de nove projetos realizados por mulheres empreendedoras, como, por exemplo Alexandra Pardal, portuguesa, 40 anos, proprietária de uma loja de calçado.

Quando ficou desempregada, Alexandra descobriu que em Portugal não existia nenhuma loja que só vendesse calçado sem pele. Encontrou no nicho de negócio o caminho que procurava e aliou-o a uma preocupação antiga: a proteção da natureza. Como não tinha dinheiro para abrir a loja, recorreu ao microcrédito, ‘a única solução’ que encontrou.

Dedica mais horas ao trabalho hoje do que quando tinha um chefe, mas a liberdade de poder ser dona das suas rotinas é incomparável. Tomar o pequeno-almoço com as filhas e poder levá-las à escola são duas das atividades de que não abdica na sua nova vida.

A PEEP – Plataforma para a Educação do Empreendedorismo em Portugal é uma Organização Não-Governamental para o Desenvolvimento (ONGD), que tem como missão promover o desenvolvimento e a implementação de programas de apoio à educação e formação para o empreendedorismo, através de projetos de investigação e capacitação, e do acompanhamento do processo de desenvolvimento de políticas públicas. Os vídeos foram realizados pela produtora Bagabaga Studios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

2 + 17 =