Jantar no Panteão – Paddy Cosgrave pede desculpas aos portugueses

Foto divulgada nas redes sociais

O fundador do Web Summit pede desculpa aos portugueses. “Querido Portugal, peço desculpa. Sou irlandês. Culturalmente, temos uma abordagem muito diferente perante a morte. Costumamos celebrá-la. Essa não é a abordagem correcta em Portugal. Eu amo este país como uma segunda casa e nunca tentaria ofender os grandes heróis do passado de Portugal.” Escreveu Paddy Cosgrave na sua conta no Twitter.

Numa foto que anexa um outro texto, explica que “o jantar foi organizado segundo as regras do Panteão Nacional e conduzido com respeito”, sublinhando que no passado, o jantar mais importante dos fundadores do Web Summit era celebrado na cripta da Christ Church Cathedral em Dublin.

Post no Twitter de Paddy Consgrave
Foto: Print Screen Twitter

“Eu amo este país como uma segunda casa e nunca tentaria ofender os grandes heróis do passado de Portugal”

O jantar da “Founders Summit”, que contou com a participação de um número restrito de investidores empresários e outras pessoas escolhidas pela organização, decorreu na sexta-feira à noite, no espaço central do Panteão, junto aos túmulos de personalidades como Amália, Eusébio, Almeida Garrett e Sophia de Mello Breyner Andresen.

Esta utilização do Panteão Nacional para um jantar não terá sido inédita, já que o espaço recentemente tem sido alugado para a realização de eventos, mas a sua utilização pelos responsáveis do Web Summit acabou por gerar controvérsia nas redes sociais, levando mesmo o Governo e o Presidente da Republica a repudiar a sua realização.

O Governo anunciou mesmo que vai proibir a realização de jantares no Panteão Nacional e responsabiliza o anterior Governo por ter permitido esta festividade.

Em comunicado enviado às redações, o Ministério da Cultura explica que o jantar foi realizado no âmbito de um regime adotado pelo anterior Governo liderado por Pedro Passos Coelho. “Neste Regulamento, entre diversas medidas, está prevista a realização de jantares no Corpo Central do Panteão Nacional”, explica o gabinete do Ministro afirmando que irá agora “determinar a imediata revisão do referido Despacho” e proibir a “realização de eventos de natureza festiva no Corpo Central do Panteão Nacional”.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSete dicas de ouro para um bom networking
Próximo artigoImpact Generator para criar impacto social
O Empreendedor é um projecto de empreendedorismo colaborativo que pretende desenvolver e testar novas formas de cooperação entre indivíduos e organizações ligadas ao empreendedorismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

twelve − 3 =