3 competências empreendedoras que o coaching lhe pode dar

A primeira dessas competências, a visão, está relacionada com a capacidade de sonhar, imaginar e ambicionar. A segunda, a estratégia, significa reunir os recursos para transformar o sonho, a imaginação e a ambição num projeto com uma proposta de valor de que o mercado necessite. A terceira, a execução, trata-se de colocar em prática esse projeto empresarial, de traçar metas e de ter métodos definidos para desenvolver ao longo dos anos.

O coaching tem os processos e as ferramentas necessárias para que os empreendedores melhorem as suas competências-chave.

Os fundadores da International Coaching Community – ICC (Andrea Lages e Joseph O´Connor), ao definirem o conceito de coaching fornecem um importante contributo científico e de aplicação prática para os empreendedores. A essência do coaching é apoiar a pessoa a mudar da forma que ela quiser, ajudando-a a caminhar na direção em que ela deseja ir. O coaching apoia a pessoa em todos os níveis do processo de se tornar quem ela quer ser e, ajudando-a a ser o melhor que ela pode.

O coaching leva à tomada de consciência, potencializa escolhas e pode conduzir a mudanças. Liberta o potencial da pessoa para maximizar o seu desempenho. Mais do que ensinar, o coaching ajuda as pessoas a aprender.

O coaching é uma parceria entre o Coach e o Coachee (cliente) que promove um processo de facilitação da aprendizagem que ajuda o cliente a atingir o seu melhor e a produzir os resultados que ele deseja na sua vida profissional e pessoal. O coaching assegura que o cliente possa dar o melhor de si, aprendendo e desenvolvendo-se da forma que deseja.

Coaching não é terapia, aconselhamento, mentoring, consultoria ou formação.

Exemplo de sessão de coaching de um empreendedor.nO António é o fundador de uma startup na área da tecnologia que se encontra incubada numa incubadora de empresas há dois anos. Este empreendedor decide recorrer aos serviços de um coach certificado internacionalmente para, numa reunião, o ajudar a refletir sobre o seu negócio e, assim, aproveitar este serviço inovador que a incubadora disponibiliza à sua comunidade de empresas.

Após satisfeitas as praticabilidades da sessão de coaching de negócios (entrega do Kit de Coaching e contratualização do serviço), tem início a sessão.

Esta inicia com o coach a perguntar ao António (coachee) qual o tema que este pretende abordar na sua sessão de coaching de negócios. O António responde que pretende abordar o tema da execução, melhorar a performance dessa habilidade como empreendedor e melhorar os resultados operacionais da sua startup tecnológica.

O coach coloca outras perguntas ao coachee até este conseguir transformar o tema da sessão de coaching de negócios num objetivo quantificável ao longo do tempo. O coach tem as perguntas e o coachee as respostas. O António pretende que o seu objetivo – meta – da sessão de coaching de negócios seja duplicar as vendas da startup no prazo de 1 ano.

Com o estabelecimento desse objetivo, o coach ajuda o coachee a explorar os valores associados à concretização desse objetivo – realização pessoal, ambição, resultados, pois estes são como o combustível que vai alimentar a vontade do António de não desistir.

A exploração dos valores associados à concretização do objetivo do António foi feita com recursos a duas ferramentas utilizadas no coaching, a Roda do Negócio e uma escala de 0 a 10, para que o coachee conseguisse ter uma representação gráfica do seu negócio no presente e no estado desejado, daí a um ano.

Com recurso a um conjunto de perguntas, foi explorada a existência de crenças limitantes, que são os obstáculos internos do António que vão dificultar a concretização do seu objetivo. Tipicamente, essas crenças assumem a forma de expressões como «Ah, se eu tivesse uma chance…». O coachee identificou essa crença limitante e realizou uma nova interpretação da mesma (ressignificação), tendo o coach recorrido ao método P.C. M – Possibilidade, Capacidade e Merecimento.

Depois, foram exploradas as várias opções associadas à concretização do objetivo do António e feita a ecologia dessas opções (os impactos positivos e negativos, as pessoas envolvidas, os recursos internos e externos) ao se atingir o objetivo de duplicar as vendas da empresa no prazo de 1 ano.

Em seguida, o coachee estabeleceu o plano de ação relacionado com o seu objetivo, a partir da área de alavancagem (representada na Roda do Negócio), aquela que com um menor esforço conseguirá uma melhoria mais significativa. Esse plano é composto por um conjunto de tarefas (com características SMART) e de lembretes, ou âncoras, que vão permitir ao António alcançar o objetivo, realizar aprendizagens e alterar comportamentos e hábitos. Por fim, o coach e coachee assumem o compromisso de um feedback mensal por e-mail do cumprimento das tarefas que fazem parte do plano de ação.

No final da sessão, o coach pergunta ao António, que se encontra em estado de recursos: ‘O que aprendeu com esta sessão de coaching de negócios?’ ‘O que é que leva da sessão?’ ‘Numa palavra, o que é que sente?’ ‘Que impacto é que esta sessão teve em si (de 0 a10)?’ O António responde a essas questões finais e reforça o compromisso de dar o feedback ao coach no mês seguinte.

Tendo por base o exemplo desta sessão de coaching de um empreendedor, a proposta de valor do coaching torna-se clara e objetiva para quem pretende empreender criando novas startups ou nas empresas onde trabalha.

A integração do coaching no ecossistema empreendedor português é uma necessidade que tem de ser satisfeita, para além do mentoring de negócios disponibilizado por incubadoras e aceleradoras. De forma a melhorar a performance das competências e da mentalidade empreendedora (dos fundadores ou das equipas) e dos resultados dessas empresas.

Como escreveu Flávio Augusto da Silva, empreendedor brasileiro fundador do blog Geração de Valor, empreendedorismo é para todos que têm uma fome insaciável por mudanças. Acredito que o coaching é o apoio extra que vai ajudar os empreendedores e as suas equipas a serem, fazerem e terem esse apetite incomensurável em atingir e superar metas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

11 − 4 =